Jovem reaparece após 10 dias e diz que fugiu após ser agredida em casa

A jovem diz que o marido pediu para ela sair de casa após uma briga entre eles.


Jovem reaparece após 10 dias e diz que fugiu após ser agredida em casa

A jovem Caroline Martins Silva, de 20 anos, que estava desaparecida desde o dia 3 de fevereiro, foi encontrada nesta terça-feira (11) dentro de um shopping em Praia Grande, no litoral de São Paulo. A jovem diz que o marido pediu para ela sair de casa após uma briga entre eles. Ela confirmou que ele a agredia e pedirá medida protetiva para que o marido fique longe dela. Carolina afirma que irá voltar a morar na casa da mãe junto com a filha de dois anos.

Caroline e o marido, Luiz Fernando França, moravam juntos com a filha de dois anos. Porém, após uma briga entre eles, ela resolveu sair de casa. ?Mais uma vez que ele chegou em casa bêbado. Ele me bateu, me xingou, me ameaçou, falava que ia me matar, matar meu pai e ia sumir. Falou que não me queria mais, para eu esquecer ele, que ele não queria mais a vida de casado. Eu saí, fui na casa da minha mãe, deixei a minha filha lá?, conta ela. Caroline diz que tentou conversar com ele novamente, mas Luiz Fernando só a xingava.

A jovem conta que resolveu ficar na rua e esperar que o marido fosse procurá-la. ?Fiquei desnorteada e saí. Eu fiquei na rua, não fiquei na casa de ninguém, fiquei andando mesmo. Todo mundo que me viu, me viu sozinha e na rua. Eu queria entender ele, porque ele não me queria mais, porque eu fiz tudo certo e ele não quis mais. Eu tinha esperanças dele me procurar para a gente conversar e voltar?, afirma Caroline. Enquanto isso, ninguém sabia do paradeiro da jovem. A mãe dela, Carlota Gomes Martins, espalhou cartazes pela cidade e chegou a procurar a filha no IML da cidade.

Nesta terça-feira (11), Caroline resolveu procurar uma amiga que trabalha no Litoral Plaza Shopping porque queria avisar os familiares que estava bem. Um amigo de Luiz, porém, avistou a jovem dentro do shopping e entrou em contato com ele. Luiz foi atrás de Caroline. ?Ele me viu, me segurou pelo braço, me xingou. Tem testemunhas. Ele sempre foi assim?, conta a jovem, que depois foi levada para a casa da mãe.

Caroline, Luiz Fernando e familiares foram até a Delegacia da Mulher de Praia Grande nesta quarta-feira (12) para registrar o boletim de ocorrência do aparecimento da jovem. Além disso, Caroline quis prestar queixa contra o marido por injúria devido o modo como ele a tratou no shopping.

Segundo a delegada Rosemar Cardoso Fernandes, Caroline já fez vários boletins de ocorrência contra Luiz Fernando. ?Temos uns dois ou três inquéritos com relação a ele agredir ela. Em julho de 2013, ela fez um de cárcere privado. Ela disse que ele a trancou em casa, mas não há testemunhas?, explica a delegada. Na época, Caroline pediu medidas protetivas, que determina o afastamento dele em relação a ela. Porém, a delegada diz que a medida foi quebrada porque Caroline decidiu voltar a morar com o marido. ?A gente brigava muito mas, depois, ele se arrependia, pediu para eu voltar. Eu voltava porque eu acreditava nele?, fala Caroline.

Luiz Fernando também prestou depoimento na delegacia. Ele, porém, não quis falar sobre o caso com a equipe do site. A mãe dele, a dona de casa Maria Cristina França, admite que o filho já agrediu Caroline, mas ela sempre voltava para casa e provocava ele. ?Eu não estou negando que ele já deu uns tapas nela. Mas ela procura ele. Ela mandava mensagem para ele do celular?, diz. Ainda segundo Cristina, não é apenas o filho dela que é culpado na história. ?No final das contas, a bronca está sobrando para ele e ela está saindo como vítima?, afirma a mãe de Luiz Fernando.

A delegada Rosemar disse ainda que Caroline irá pedir, novamente, uma medida protetiva, para ficar longe de Luiz Fernando. ?Se ele desobedecer judicialmente, cabe a prisão preventiva dele?, afirma a delegada. Já Caroline espera que a situação se resolva. A jovem não quer mais morar com o marido. ?Eu tentei mudar ele, tentei muito, mas ele não quer mudar. Eu quero ficar longe dele e que ele me respeite?, finaliza a jovem.

Fonte: G1