Jovem usa quintal para ajudar manter viva espécie de borboletas

As borboletas vivem entre duas a cinco semanas

A história do biólogo marinho Tim Wong com as borboletas é um perfeito exemplo de como as oportunidades de fazermos do mundo um lugar melhor, mais colorido e bonito estão por toda parte. Wong, quando não está entre polvos, peixes e outros animais em seu trabalho, está em casa criando borboletas, um hábito que cultiva desde criança, e que agora está repovoando uma espécie de borboleta que havia praticamente desaparecido. Tudo isso ele faz no jardim da própria casa.

A Aristolochia californica é uma planta nativa da América do Norte, abundante na California, como o próprio nome diz, mas que tem se tornado cada vez mais rara nos grandes centros urbanos, principalmente em São Francisco. O progresso fez com que a planta praticamente desaparecesse. Com isso, desapareceu também a Battus philenor hirsuta, uma borboleta das mais lindas que existem, e que só se alimenta da planta, onde ela coloca seus ovos.

Diante da ameaça de extinção, Wong resolveu por conta própria ajudar a impedir que a bela borboleta californiana voltasse a povoar São Francisco. Ele então construiu um espaço todo protegido por uma tela – para impedir o ataque de predadores e ainda poder estudar melhor o comportamento Battus philenor hirsuta – conseguiu algumas mudas da planta e cerca de 20 borboletas para que pudessem se reproduzir.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness