Jovens ganham repercussão após se passarem por atrasados no Enem

Eles fizeram isso para protestar contra o circo midiático feito.

O último final de semana foi repleto de notícias envolvendo os atrasados do Enem 2015. Mas nem todos  eram verdadeiros. O exame que movimentou quase 6 milhões de candidatos também foi diversão para algumas pessoas.

Teve um grupo que resolveu sabotar a prova e a mídia. Eles foram para a porta da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e se passaram por atrasados do Enem.

Intiulado “Sabotando o Enem”, um vídeo mostra a frasa. Nas imagens, dois jovens chegam alegando atraso por causa do trânsito e dão entrevistas para um grupo de jornalistas. Na sequência, os mesmos jovens se identificam como estudantes da Uerj.

Image title

Questionado pelo apresentador do vídeo sobre o real motivo da encenação, o jovem confirma: “Vim para sacanear mesmo. Não estou fazendo nada em casa mesmo. Vou pro Trocador de Calor, a chopada da Engenharia Química”.

De acordo com a explicação do post, o objetivo do vídeo é questionar o “grande circo midiático” que se forma em torno de quem chega atrasado para fazer a prova.

Segundo Altamiro Borges, do blog do Miro e do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, é irresponsável a cobertura com os estudantes atrasados que perdem a prova.

“Chega a ser meio hipócrita. Em qualquer lugar você tem horários. Então, ao invés de discutir a abrangência do Enem, a grande participação é discutir o próprio temário, que este ano chamou a atenção por essa chamada pauta feminista, num momento histórico em que há muito machismo na sociedade e na própria mídia. Em vez de discutir coisas sérias, você discute quem atrasou”, disse.

Fonte: Brasil Post