Juazeiro do Piauí cria expectativas com barragem

Juazeiro do Piauí cria expectativas com barragem

De acordo com o prefeito de Juazeiro do Piauí, Antônio Veríssimo, a obra é esperada com grande expectativa.

Expectativas com a Barragem entre Juazeiro do Piauí e Castelo do Piauí começam a aumentar. Nesta sexta-feira, o governador do Estado lançou edital de licitação. O prefeito de Juazeiro fala de grande sonho que está prestes a ser realizado. A obra será construída com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

De acordo com o prefeito de Juazeiro do Piauí, Antônio Veríssimo, a obra é esperada com grande expectativa, e deve gerar desenvolvimento com emprego na produção local. ?Hoje podemos dizer que o sonho está tornando-se realidade?, afirma o prefeito, exaltando as potencialidades turísticas que serão implementadas com a barragem.

O prefeito lembra que Juazeiro é um município emancipado há 17 anos, mas que mesmo assim ainda subsiste basicamente com o Fundo de Participação dos Municípios, mas que agora é o momento de criar novas possibilidades de desenvolvimento. Para ele, a barragem se configura em uma destas alternaitvas.

A obra deve barrar as águas do rio Poti e prevenir cheias em oito municípios, inclusive Teresina. Entre os municípios que receberão prevenção por parte da barragem, encontram-se Castelo do Piauí, Juazeiro do Piauí, Teresina, Prata do Piauí, Monsenhor Gil, Demerval Lobão, São João da Serra e Novo Santo Antônio.

Além disso, Antônio conta que com a barragem, se criará possibilidades de produção. Na obra, deseja-se, segundo Veríssimo, realizar agricultura, por irrigação, para aproveitar as potencialidades de produção de arroz, feijão, fruticultura, milho e hortaliças. Além disso, o prefeito pretende trabalhar na área de fruticultura.

Vista ainda com desconfiança, por uma parte da população, segundo o prefeito, a barragem tem sido vista com preocupação para ambientalistas e famílias que serão desalojadas do entorno. São cerca de 24 famílias na região que vivem esta problemática. A comunidade ficará submersa. Mas o prefeito afirma que as famílias serão realocadas na comunidade vizinha, onde estão sendo construída 104 casas por meio do Programa de Habitação Rural.

Resgatado artesanato para homenagear mães

Encerra hoje a Feira de Artesanato em homenagem ao Dia das Mães em Parnaíba. O evento acontence no Casarão Simplício Dias da Silva e traz uma designer especial criado para homenagem às mães, com trabalho exaltando o artesanato local de cooperativas do Projeto Desenvolvimento do Artesanato de Parnaíba, uma parceria entre Sebrae e Prefeitura local.

São 5 cooperativas de diferentes ramos de artesanato, com cerca de 50 pessoas, trazem um pedaço da cultura e história do trabalho manual de diferentes localidades da região. De acordo com Lúcia Carneiro, coordenadora do Projeto, a atividade tem o objetivo de divulgar a produção artesanal do litoral do Estado, e impulsionar as vendas das peças neste período.

As cooperativas resgatam costumes e não deixam morrer a memória encontrados nestes artefatos. O trabalho da localidade do Barro Vermelho, em Parnaíba, traz a cultura de trabalhar com o elemento que lhe dá nome, o próprio barro que dá lugar a produções com a cerâmica. Segundo Lúcia, a cerâmica é exclusiva do local e os artesãos são responsáveis por todo processo desde a queima até a confecção de produtos como jarros e bonecas.

Outro resgate é feito pela cooperativa da Pedra do Sal, que teve como precursora a Dona Almira Sival, por meio do bordado ponto cheio. Segundo Lúcia, este foi o primeiro trabalho desenvolvido em Parnaíba.

Parnaíba ainda contribui neste mosaico com a cestaria, que trabalha com a palha da carnaúba, abundante na região e também com o sisal. Lúcia lembra ainda que o famoso ponto de bilro das rendeiras do Morro da Mariana também estará presente.

A coordenadora do projeto conta que para este momento foi criada uma nova coleção feita por um designer do próprio Sebrae, trazendo novidades nas criações dos artesãos com foco para o Dia das Mães. Para ela, esta é mais uma opção de presentear as mães.

A feira também traz ou-tra novidade, além da apresentarão dos produtos em renda de bilro, bordados, cestaria, trançados e cerâmica. O evento oferece, dentro da programação, a realização de oficinas de artesanatos.

Fonte: Sarah Fontenelle