Laboratório venderá vacina contra gripe a clínicas

As primeiras doses devem chegar ao Brasil na próxima semana

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o laboratório Abbott a vender a vacina contra a gripe suína a clínicas particulares. O preço máximo ao consumidor será de R$ 40,60 a R$ 44,11 (varia de acordo com a alíquota de ICMS praticada pelos Estados). Em São Paulo, a vacina custará até R$ 43,57. Uma taxa de serviços pode ser acrescida a esse valor.

Segundo a Abbott, as primeiras doses devem chegar ao Brasil na próxima semana. Produzida na Holanda, a vacina protege contra o H1N1 pandêmico e outros dois tipos de vírus influenza causadores da gripe sazonal.

"Dia D"

Amanhã, todos os 36 mil postos de vacinação do País deverão estar abertos para imunizar contra a gripe suína os adultos saudáveis de 20 a 29 anos, doentes crônicos com menos de 60 anos, gestantes e crianças de 6 meses a 2 anos incompletos.

Em São Paulo, os 3,8 mil postos de saúde funcionarão das 8 às 17h. Na capital, as unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) também ficarão abertas, das 7 às 19h. Os paulistanos podem optar por receber a vacina em postos volantes espalhados por todas as regiões da cidade, que funcionarão das 8 às 17h.

O ‘dia D’ dos idosos com doenças crônicas será em 24 de abril, quando começa a campanha anual de vacinação contra a gripe comum. Eles também serão imunizados contra a gripe suína.

Fonte: g1, www.g1.com.br