Lais trata orientação sexual com naturalidade e diz: ''Não é o foco''

Lais deixou claro que sua vida pessoal náo deve gerar atenção


Após a repercussão de uma entrevista à revista TPM em que comentou ser gay, Lais Souza deixou claro que sua vida pessoal não deve gerar atenção, sobretudo neste momento. O foco está totalmente no tratamento que vem realizando desde que sofreu o acidente que a deixou tetraplégica, em janeiro do ano passado, nos Estados Unidos. Em uma declaração enviada através de sua assessoria de imprensa, a ex-ginasta foi clara sobre o assunto:

- Trato isso com naturalidade. Só fiz um comentário e isso não é o foco da minha vida. Estou envolvida com meu tratamento. E as pessoas que são importantes para mim sabem tudo da minha vida. Isso é um assunto pessoal - disse a jovem de 26 anos, em entrevista.

Na manhã desta terça-feira, Lais foi a apresentadora de um encontro em São Paulo entre atletas paralímpicos para celebrar o acordo entre uma empresa e os Jogos Paralímpicos Rio 2016. Estiveram presentes Clodoaldo Silva (natação), Dirceu Pinto (bocha) e Verônica Hipólito (atletismo).

Na edição de fevereiro da revista ''TPM'', ela deu uma extensa entrevista sobre vários assuntos e sua vida pessoal acabou sendo comentada. Em um dos trechos da reportagem, a ex-ginasta revelou ser homossexual e ter um relacionamento.

- Eu tenho uma namorada, sou gay há alguns anos. Já tive namorados, mas hoje estou gay - disse a jovem.

Na semana passada, em entrevista ao SporTV, ela cogitou pela primeira vez se encaixar em alguma modalidade paralímpica. Segundo a própria atleta, os movimentos que consegue fazer ainda são pequenos para sonhar ser competitiva, mas ela não pensa em desistir:

- Ainda não tem um esporte que eu consiga me encaixar porque meu movimento é muito pequeno, mas a gente está de olho em alguma coisa. Vamos ver alguma coisa com remo ou bike. Ainda estamos encaminhando, são projetos e talvez eu consiga me encaixar em alguma coisa - disse a atleta de 26 anos, que já consegue sentir algumas partes dos pés e da perna, algo impensável após o acidente.

Em janeiro do ano passado, Lais Souza se acidentou enquanto treinava para disputar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. A jovem treinava com a amiga e também ex-ginasta Josi Santos e o técnico Ryan Snow em uma pista de esqui em Salt Lake City. Naquela segunda-feira, Lais perdeu o controle dos esquis e chocou-se com uma árvore, o que provocou uma torção na coluna cervical.

 

 

Fonte: globoesporte.com