Por R$ 50,moradores se reúnem em laje para assistir demolição histórica

Por R$ 50,moradores se reúnem em laje para assistir demolição histórica

Reservas para domingo pela manhã esgotaram nesta sexta-feira.

?Daqui do morro dá pra ver tão legal / O que acontece aí no seu litoral / Nós gostamos de tudo / nós queremos é mais / do alto da cidade até a beira do cais?. A música ?Nós vamos invadir sua praia?, do Ultraje a Rigor, cai como uma luva para definir a Laje da Jura, o restaurante improvisado no terraço da casa da doméstica Juraci Vilela Gomes, no Morro da Providência, Centro do Rio, que na manhã deste domingo (24) vai servir de camarote para 30 pessoas que terão o privilégio de acompanhar a implosão do Elevado da Perimetral.

Por R$ 50, os que conseguiram reservar um espaço na laje não serão incomodados pela poeira da obra e ainda poderão desfrutar de um reforçado café da manhã, a partir das 6h30, com bolo de milho, cuscuz com leite e aipim cozido. E depois embarcar num almoço caprichado. Jura garante que não vai faltar o nhoque de camarão, primeiro colocado no 1º Festival de Gastronomia e Cultura Sabores do Porto, de 2012. E ainda oferecerá as opções de bacalhau com leite de coco e batatas e sirizada.

?Abro a laje para almoço todo fim de semana. O movimento é sempre bom, mas andava meio devagar por causa das manifestações no Centro. As pessoas estavam com medo de subir a Providência. Agora, com a implosão, as reservas para domingo já estão esgotadas?, informa.

Ela conta que começou a fazer da sua laje um pequeno restaurante na década de 90, quando cozinhava para os operários que trabalham no projeto Prosanear, perto de sua casa, no Morro da Providência. A partir de então, foi sendo incentivada pela família e por vizinhos e não parou mais.

?Construí a laje e fui buscando novas formas de ganhar um dinheirinho. Além da laje, todo terceiro domingo do mês faço umas comidinhas para a feirinha que acontece na Praça da Harmonia. É ótimo, eu adoro, tem danças, comidinhas é bem divertido?, conta Jura que, normalmente nos fins de semana cobra R$ 18 pelo prato normal e R$ 10 pela mini porção.

Guia turística

Além do visual e da boa comida, Jura ainda oferece trabalho de guia pela comunidade.

?Tenho maior orgulho desse lugar. Aqui tem muita coisa boa, tem o Centro Cultural Casa Amarela que está com uma exposição fotos muito bacana e outras coisas muito boas. Pode vir que vai ser bem recebido?, garante Juraci.

Para chegar à Laje da Jura, haverá uma Kombi partindo às 6h30 da Rua Senador Pompeu, em frente ao supermercado para subir o Morro da Providência. Mas também é possível ir de carro até a Praça Américo Brum pela Ladeira do Barroso e de lá seguir a pé pela Rua da Grota até a casa 31B.

As escadas ao longo do beco cansam um pouco, mas pelo belo visual da cidade e pela comidinha caprichada vale a pena o esforço.


Laje da Jura vira camarote para ver implosão da Perimetral, no Rio

Fonte: G1