Pesquisa revela que usar notebook com uma rede Wi-Fi no colo danifica espermatozoides

Pesquisa revela que usar notebook com uma rede Wi-Fi no colo danifica espermatozoides

Para chegar a esse resultado, cientistas recolheram amostras de sêmen de 29 pacientes saudáveis e as dividiram em duas partes

Preste atenção em como seu marido usa o notebook no dia a dia. Um estudo argentino publicado na revista científica Fertility and Sterility mostrou que usar o notebook conectado a uma rede Wi-Fi no colo pode afetar a fertilidade masculina.

Para chegar a esse resultado, os cientistas, liderados pelo bioquímico Conrado Avendaño, da Sociedade Argentina de Medicina Reprodutiva, recolheram amostras de sêmen de 29 pacientes saudáveis e as dividiram em duas partes: a primeira foi exposta a um laptop conectado à web via Wi-Fi durante 4 horas. A segunda foi incubada em condições idênticas, porém sem a exposição à conexão ou ao computador.

Em seguida, os pesquisadores avaliaram a mobilidade e a fragmentação do DNA de cada amostra. Os resultados mostraram que aqueles expostos ao laptop com Wi-Fi mostraram uma queda significativa na mobilidade e um aumento na fragmentação do DNA, o que pode causar a morte celular.

Segundo o urologista Renato Fraietta, da Universidade Federal de São Paulo, estudos anteriores já haviam demonstrado que a temperatura dos laptops é também prejudicial aos espermatozoides. "Quando o portátil fica no colo, a temperatura dos testículos sobe 2,5ºc em uma hora ? o que é muito perigoso, uma vez que a produção de esperma depende de baixas temperaturas para acontecer", explica o urologista.

A infertilidade é um problema que afeta cerca de 15 % dos casais, de acordo com a Academia Americana de Medicina de Família, sendo que 5% desses casos estão relacionados apenas ao homem por uma série de motivos: infecções, desequilíbrios hormonais, tabagismo, etc. O uso do computador no colo não está entre os principais fatores, mas não custa evitar, não é mesmo?

Fonte: Crescer