Macacão usado por Ayrton Senna na vitória do GP de Mônaco será leiloado

O macacão será leiloado em Mônaco, pelo valor mínimo de 30 mil euros (cerca de 91 mil reais)

No dia 12 de maio de 1991, Ayrton Senna vencia pela quarta vez o Grande Prêmio de Mônaco. Ainda era o começo de uma temporada que o sagrou tricampeão mundial de Fórmula 1. O ídolo brasileiro ainda venceria mais duas vezes no principado para receber a alcunha de "Rei de Mônaco".

No próximo dia 10 de maio, toda a história será relembrada. O macacão utilizado por Senna naquela prova, há 23 anos, será leiloado em Mônaco, pelo valor mínimo de 30 mil euros (cerca de 91 mil reais).

Quem levar a peça, receberá também um certificado assinado por Ron Dennis, que era o chefe de equipe de Senna na época, a McLaren, e guardava o macacão em sua coleção pessoal.


Macacão usado por Ayrton Senna na vitória do GP de Mônaco de 1991 será leiloado

O leilão acontece nove dias depois do aniversário de 20 anos da trágica morte do tricampeão no GP de San Marino, em Ímola, e duas semanas antes da realização do GP de Mônaco da atual temporada.

Fonte: Zero Hora