Mãe de baleado em briga de trânsito desabafa em Campo Grande

O avô chegou a avisar o outro motorista que havia criança no carro e pediu para acabar com a discussão

O menino de 2 anos que morreu depois de ser baleado em uma briga de trânsito, em Campo Grande, foi enterrado nesta quinta-feira (19). No velório, a família pediu por justiça.

"Ele tirou um pedacinho de nós, matou um pedaço de mim. Ele [filho] era bom demais, uma criança perfeita", disse a mãe da criança, de 22 anos.

Na quarta-feira (18), o menino, que faria 3 anos em março, saiu com o tio e o avô. Eles estavam indo à escola buscar outra criança quando houve a discussão no trânsito.

O avô chegou a avisar o outro motorista que havia criança no carro e pediu para acabar com a discussão. O avô e o menino foram feridos.

A criança chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento no pescoço. O avô também foi ferido, passou por cirurgia e permanece internado. "Não desejo a morte para o rapaz que fez isso com o meu neto. Desejo que seja feita justiça, que ele pague por tudo o que ele fez", disse a avó da criança.

O motorista que efetuou os disparos foi para a delegacia prestar queixa da briga e acabou preso.

Fonte: g1, www.g1.com.br