Mãe embriagada mata o filho ao deitar sobre ele em Alagoas

Os primeiros levantamentos da polícia revelam que Maria Gleide passou o dia bebendo com amigas

A dona de casa Maria Gleide dos Santos, de 44 anos, foi presa na noite deste domingo (15), acusada de ter matado o próprio filho de dois meses. A mãe teria deitado sobre o pequeno Jonathan dos Santos, que estava dormindo na cama. O caso ocorreu na casa da família, localizada na Vila do Matadouro, no bairro de Fernão Velho.

Os primeiros levantamentos da polícia revelam que Maria Gleide passou o dia bebendo com amigas e chegou em casa embriagada. Ela teria deitado sobre a criança sem querer. O bebê morreu com várias lesões no corpo. Não houve tempo nem de acionar o socorro, já que a morte foi praticamente instantânea.

Parentes da criança e vizinhos acionaram uma guarnição da Polícia Militar, que conduziu Maria Gleide para a Central de Polícia, no bairro do Prado. A mãe foi autuada em flagrante pelo crime de homicídio culposo - sem intenção de matar -, mas foi liberada durante a madrugada.

Maria Gleide disse estar arrependida e afirmou não ter visto que a criança estava na cama.

Em casos como este, o juiz pode deixar de aplicar a pena no que se chama de perdão judicial, já que a morte do próprio filho é considerado uma pena à conduta irresponsável da mãe.

Fonte: Tudo na hora