Mais de 1.500 sorteados no Minha Casa, Minha Vida podem perder casas

A Prefeitura de Teresina está convocando os sorteados do Minha Casa, Minha Vida, que ainda não compareceram para entregar a documentação exigida.

A Prefeitura de Teresina está convocando os sorteados do Minha Casa, Minha Vida, que ainda não compareceram para entregar a documentação exigida.

O prazo final encerra no dia 15 de abril e 1.565 pessoas que foram sorteadas ainda não compareceram para entregar a documentação. Se não se apresentarem até o prazo, serão considerados desistentes e perderão o direito de receber a casa.

A coordenadora de Habitação, Rogéria Sousa, ressalta que o sorteio foi realizado em outubro do ano passado e que, desde então, a Prefeitura vem realizando os atendimentos diários à todos os sorteados.

"Montamos um local para atendimento das pessoas, fazendo os agendamentos dos atendimentos para evitar filas e demora na conclusão do processo. No entanto, muitas pessoas ainda não compareceram e podem perder a casa. Por isso, fazemos esse alerta para que as pessoas procurem para entregar a documentação", ressaltou.

O atendimento dos sorteados para a entrega dos documentos começou no dia 23 de outubro e está sendo realizado na Gerência de Serviços Urbanos (GSU), zona Norte, localizada na Rua Rui Barbosa, 3079, Bairro Matadouro, ao lado do Teatro do Boi e em frente ao Clube do Gari.

O telefone para contato para maiores informações é o (86) 3221-7050. Após o final do prazo, a Prefeitura dará inicio ao processo de convocação dos sorteados para cadastro de reserva.

"Vários prazos foram dados para que as pessoas entregassem a documentação. Infelizmente não dá mais para esperar. As pessoas que não comparecerem serão consideradas desistentes e perderão as casas", alertou.

Os contemplados receberão as casas que foram construídas em empreendimentos como Portal da Alegria, na região do Porto Alegre, que são os residenciais Portal da Alegria VI B, Jardim Caneleiros A, Jardim Caneleiros B, Jardins dos Ipês, Professor Wall Ferraz. Ainda na zona Sul da capital, estão sendo construídos outros cinco conjuntos: os residenciais Orgulho do Piauí, Francisco das Chagas Oliveira, Angicos, Judite Nunes e Bosque Sul.

Na zona Norte, está sendo erguido o Residencial Edgar Gayoso, localizado na região da Santa Maria da Codipi; e na zona Leste da capital, o Residencial Sigefredo Pacheco III, na região do Vale do Gavião.

 

Fonte: Jornal Meio Norte