Mais de 194 mil piauienses farão Enem hoje

Mais de 194 mil piauienses farão Enem hoje

O número de estudantes inscritos no Piauí é mais de 15% maior em comparação ao registrado na edição passada. Portões fecham às 12 horas, horário local

Faltando poucas horas para o início da maratona de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, mais de 194 mil estudantes do Piauí estão ansiosos. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mais de 8,7 milhões de candidatos se inscreveram e têm a chance de conseguirem um boa nota para disputar uma vaga em instituições de ensino superior ou ainda conseguir o certificado de conclusão do ensino médio.


No Piauí, o número de inscrições para o Enem superou as expectativas em 2014. Um total de 194.351 estudantes piauienses responderão a um total de 180 questões de múltipla escolha e ainda uma prova de Redação.
“O número de inscritos representa um aumento de 15,36% em relação ao total de inscritos do ano passado. No Estado, 206.658 estudantes se inscreveram no exame, mas muitos não pagaram a taxa de inscrição, outros não foram isentos. Assim, os que devem comparecer hoje aos locais de aplicação das provas somam 194.351, de acordo com o Ministério da Educação”, explica o superintendente de ensino da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), Edjofre Coelho.


Neste sábado (08), primeiro dia de provas, haverá a aplicação de 90 questões de múltipla escolha divididas igualmente entre duas áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias, e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Os candidatos terão 4h30 para responder as 90 questões.


Amanhã (09), será aplicada a mesma quantidade de questões das áreas de Matemática e suas Tecnologias; e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. No segundo dia também haverá a aplicação da redação do Enem 2014 e, portanto, o tempo de duração das provas será acrescido em uma hora. Desta maneira, com o início programado para o mesmo horário, o tempo será contado das 13h às 18h30min (horário oficial de Brasília).
Durante as provas não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o final das provas.

AUMENTO DA FROTA - Com o objetivo de garantir que as pessoas que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) cheguem no horário a frota dos ônibus será ampliada 10%, no domingo.
De acordo com o diretor de Transportes Públicos da Strans, Ricardo Freitas, o Enem movimenta toda a cidade, por esse motivo a superintendência está ampliando a frota de ônibus para garantir o deslocamento das pessoas para os locais de realização das provas. Além da ampliação da frota, a superintendência estará com equipes de agentes de trânsito nos locais de maior fluxo de veículos.

Saiba o que levar para a prova

O tipo de documentação exigida e o que pode ou não levar no dia da aplicação da prova, também merece atenção. Para a realização do Exame, é preciso levar um documento de identificação original com foto (RG, carteira de motorista, passaporte, carteira de trabalho), cartão de confirmação de inscrição e caneta esferográfica preta, fabricada em material transparente. O uso de outra cor impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas. Outros materiais, como lápis, borracha e lapiseira deverão ser depositados na embalagem porta objetos, que será distribuída a todos os participantes e deve ser guardada embaixo da sua carteira.


Em caso de perda ou roubo dos documentos, o candidato deve apresentar um Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial e emitido há no máximo 90 dias. Materiais como lápis, borracha, apontador, lapiseira, grafite, livros, manuais, impressos, anotações, calculadoras, telefones celulares, pagers, bip, walkman, gravador, mp3 ou similares, relógios ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens, não podem ficar junto ao participante e por isso não é recomendável levá-los.


Caso o participante leve esses materiais, eles devem ser depositados na embalagem porta objetos, distribuída a todos os candidatos. Ela deve ser guardada embaixo da carteira e os participantes precisam resgatar a embalagem ao final da prova.


O estudante só pode deixar o local da prova duas horas após o início do exame. E poderá levar o caderno de questões somente nos últimos 30 minutos antes do fim da prova. Caso descumpra qualquer dessas regras, o candidato será eliminado.

Portões serão fechados às 12h.

Uma das principais preocupações dos participantes que concorrerão uma vaga nas universidades, deve ser com o horário. Os portões dos locais de prova nos municípios que receberão a edição desse ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertos as 12h e fecharão pontualmente às 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília.


Mas no Piauí, por conta do horário de verão, no qual o Estado não foi inserido, os candidatos terão que se adiantar e chegar às 11h ao local de prova.


A orientação do superintendente da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), Edjofre Coelho, é que os estudantes lembrem que o Estado não foi incluso no horário de verão, se adiantem e não corram o risco de perder o horário de chegada.


“Muita gente perde a prova. Mas o cartão de informação é bem claro quanto ao horário. Em todo o Piauí os portões serão fechados às 12h. Então, o recomendável é que os estudantes tenham verificado a localização do seu local de prova, para terem a noção do percurso que deve percorrer para conseguir chegar às 11h, hoje e amanhã”, coloca o superintendente.

Professor dá dicas de como fazer boa redação

Diante de muita discussão e polêmica, nos últimos anos da realização das provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) vem realizando algumas mudanças para aperfeiçoar a correção das redações, principalmente, quanto aos critérios de avaliação e atribuição de nota adotadas. Apesar disso, o candidato deve ficar atento às regras de avaliação e definição de notas, que são fundamentais para que se obtenham bons resultados na prova.

Segundo o professor de Redação, Rógi Almeida, textos com situações de fuga ao tema, que apresentem ofensas, “brincadeirinhas”, como por exemplo receitas, músicas e outras, que escapem do tema solicitado, serão zerados.“Houve uma preocupação do Inep, com relação a esses impropérios e ‘brincadeirinhas’. Um dos critérios [de eliminação], além de fazer tipologia textual que não seja sugerida pela banca examinadora e fazer menos de sete linhas, é escrever qualquer tema que não tenha nada a ver com a depreensão do tema. Sem dúvidas, os corretores irão zerar o texto do aluno que insistir em escrever impropérios”, afirma o professor que ministra aulas de redação há 16 anos.

A redação que pode atingir de 0 a 1000 pontos possui um peso significativo no somatório das pontuações com as provas de outras áreas do conhecimento do candidato. Para o professor Rógi, o aluno deve fazer um plano textual, no qual organizará as ideias para que possa defender melhor seu ponto de vista.

“O aluno, muitas vezes, se preocupa mais com as questões objetivas, deixando de lado a redação. Mas para melhor se organizar, este deve deixar pelo menos 70 minutos para fazer rascunho e organizar as ideias, e mais 30 minutos para passar o texto a limpo, deixando-o bem organizado e enxuto. Se ele fizer essa planificação textual, sem dúvidas, vai saber utilizar bem o tempo, fazendo dentro do tempo estipulado e ainda vai sobrar mais tempo para fazer as demais questões”, explica o professor.

Para Rógi Almeida, não é aconselhável o candidato recorrer a novas leituras e questões com desafios, pois isso tende a interferir no que já aprendeu e na própria confiança.“A essa altura do campeonato, o candidato deve fazer, é acima de tudo, relaxar. Eu não aconselho, como profissional da área, que o aluno venha a fazer questões novas e de desafios.

No máximo, que este releia os textos que ele mesmo produziu e ainda fazer uma questão ou outra das áreas de conhecimentos; de preferência gabaritadas e comentadas, porque ele terá mais suporte para assimilar o racíocinio das questões”, garante Almeida. O Enem acontece neste final de semana, 8 e 9 de novembro, em todo o país. No Piauí, 206.658 estudantes se inscreveram para fazerem as provas.

Nota pode ser usada no Sisu, ProUni, Fies, Sisutec e CsF

O gabarito oficial do Enem 2014 está programado para ser publicado até dia 12 (quarta-feira), no site http://enem.inep.gov.br/. Para ter acesso a esses números, o candidato precisa informar o número de inscrição e senha ou CPF e senha.Com o resultado do Enem 2014, que será divulgado no fim de dezembro ou início de janeiro, os participantes terão a oportunidade de escolher onde usar a nota: Sisu (Sistema de Seleção Unificada), ProUni (Programa Universidade para Todos), Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) e Ciência sem Fronteiras, além de permitir a obtenção do certificado de conclusão do ensino médio e em seleções para bolsas de graduação-sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Aline Damasceno