Mais de 70% das pessoas aprovam gestões da OAB no Piauí

Ele sabe da responsabilidade de ter uma gestão tão bem avaliada.

As atuais gestões da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Piauí e Nacional estão em lua de mel com a categoria no Estado. É o que mostra pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem), realizada entre 9 e 12 de março deste ano.

A aprovação da gestão de Marcus Vinícius Furtado Coelho é de 70,8%, considerando apenas as avaliações Ótimo (23,2%) e Bom (47,6%). Quando a avaliação Regular é somada, o número salta para 94%. Apenas 3,6% consideram sua atuação à frente da Ordem como Ruim e Péssima.

Ele sabe da responsabilidade de ter uma gestão tão bem avaliada. "O reconhecimento dos advogados do Piauí à nossa gestão frente à OAB nacional é gratificante e estimula a permanência na luta pela valorização da advocacia e a defesa da constituição da república", comentou ao Jornal Meio Norte.

"O Simples dos advogados e o novo CPC são duas conquistas que marcam a passagem de um advogado do Piauí à frente da OAB nacional. Dirigir 850 mil advogados demonstra o quanto o advogado do Piauí possui condição de enfrentar os maiores desafios com destemor e capacidade", diz Marcus Vinicius.

A gestão de Willian Guimarães no comando da OAB-PI também é aprovada com larga margem pelos advogados, de acordo com o levantamento do Amostragem. 74% dos advogados consideram a gestão de Willian como Ótima e Boa. Outros 22,8% classificaram seu mandato como Regular. Somente 2% disseram que sua gestão foi Ruim ou Péssima.

A aprovação inequívoca se traduz quando o Amostragem perguntou aos advogados da intenção de votar em um candidato da situação ou da oposição nas próximas eleições. 50,8% declararam preferir um candidato da situação, enquanto só 18% apontaram para um nome da oposição.

Fonte: Arimatea Carvalho