Mais um aluno piauiense vai para a olimpíada brasileira de Língua Portuguesa

Piauí tem mais um finalista nas Olimpíadas Brasileiras de Língua Portuguesa. Paulo Henrique Oliveira Barbosa estuda numa escola pública municipal da cidade de Barras

O Piauí tem mais um finalista nas Olimpíadas Brasileiras de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Dessa vez é no gênero Memórias Literárias.

Paulo Henrique Oliveira Barbosa, de uma escola pública municipal da cidade de Barras é um dos 38 finalistas desse gênero. O resultado foi divulgado na última quarta-feira (05), em Maceió (AL).

Os finalistas foram premiados com medalhas de prata e tablets, e suas respectivas escolas receberam uma placa de homenagem. Mas para Gilson Nascimento, diretor da Escola Municipal Desembargador Arimateia Tito, onde Paulo estuda, o maior prêmio que virá com esse resultado alcançado pelo aluno, é o incentivo aos demais estudantes da escola a trilhar o mesmo caminho.

“Quando anunciamos o resultado, os alunos receberam de forma bastante positiva, com muitos aplausos. Acredito que isso vai servir de motivação para todos eles”, afirmou.

Paulo Henrique chegou ao colégio no ano passado, quando começou a cursar o sexto ano. Hoje ele está no sétimo e é um dos alunos que mais se destacam na escola, não apenas nas área de Português, mas em todas as disciplinas.

“Ele sempre foi um exemplo de dedicação, ele se destaca em todas as áreas e é um exímio leitor. Ficamos muito felizes pelo resultado, pois sabemos que o perfil de alunos de escolas públicas são de pessoas carentes. O caso de Paulo é um exemplo de superação”, afirmou o diretor da escola.

Paulo explica que já concorreu uma vez às Olimpíadas Brasileiras de Língua Portuguesa, no ano de 2012, na categoria Poema, mas não chegou a ser finalista. “Não consegui em 2012, mas agora me preparei mais e acabou dando certo. Fiquei muito feliz”, disse o estudante.

A professora de Língua Portuguesa de Paulo, Maria Zelândia, afirmou que a conquista é compatível com o potencial dele. “Ele é um excelente aluno, é aquele tipo de estudante participativo, que sempre questiona nas aulas.

Vale lembrar que o Piauí já possui quatro finalistas no gênero poema. São eles Kézia Emilly Araújo Lima (Castelo do Piauí), Maria Isadora Alves Fontenele (Cocal dos Alves), Francisco Emanuel da Silva (Regeneração) e Danielly Viveiro Silva (Teresina).

A etapa final será realizada em dezembro e reunirá, no total, 152 finalistas selecionados em quatro gêneros textuais:

Poemas, Memórias Literárias, Crônica e Artigo de Opinião. Entre eles serão escolhidos 20 alunos e 20 professores vencedores nacionais, que receberão medalhas de ouro e notebooks. As escolas nas quais estudam os 20 estudantes serão contempladas com laboratórios de informática, compostos por dez microcomputadores e uma impressora, projetor e telão, além de livros para a biblioteca.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Pollyana Carvalho