Moradores de invasão queimam pneus e interrompem fluxo em BR

Moradores de invasão queimam pneus e interrompem fluxo em BR

A BR-316, saída para o sul do Piauí, Bahia, Pernambuco e outros estados nordestinos foi fechada hoje pela manhã

A BR-316, saída para o sul do Piauí, Bahia, Pernambuco e outros estados nordestinos foi fechada hoje às 5h da manhã. Manifestantes colocaram pneus queimados nas duas pistas da via e nos acessos mais importantes, por isso os congestionamentos se formaram dos dois lados. O fogo era intenso impedindo o tráfego de todo tipo de veículo e até as motocicletas eram impedidas de trafegar pelo local. Uma grande nuvem de fumaça preta tingiu o céu de alguns bairros da Zona Sul de Teresina.

O protesto era dos moradores de uma ocupação chamada de Parque da Vitória, que fica próximo ao Residencial Mário Covas.


Manifestantes queimam pneus e interrompem fluxo na BR-316

Os manifestantes afirmam que moram mais de 3 mil moradores nesta invasão e as principais reclamações das famílias eram contra o corte de energia elétrica feito pela Eletrobras na ocupação, a falta de regularização fundiária, da falta de água e e ainda por conta do não atendimento nos postos de saúde.


Manifestantes queimam pneus e interrompem fluxo na BR-316

?É justamente pela falta de respeito da Eletrobras com a população de Teresina. É inadimissível uma empresa do porte da Eletrobras tratar as pessoas como quem trata lixo, como quem trata cachorro?, desabafa um dos moradores da ocupação. ?Nós estamos sem água e sem luz e estamos aqui reinvidicando nossos direitos básicos que não temos, foram cortados. Nós estamos sendo humilhados porque é invasão, mas enquanto isso como vamos viver. Não somos atendidos no posto de saúde porque dizem que a invasão não está normalizada?, explica uma moradora.

Para os caminhoneiros que tiveram a passagem das cargas interrompida por conta do protesto sobram transtornos e uma longa espera porque ficaram retidos boa parte da manhã. ?Os caminhoneiros aqui não tem nada com isso. A gente sabe que todo mundo tem que exigir os seus direitos, mas a gente aqui não pode sair de jeito nenhum?, reclama o caminhoneiro Alex Rodrigues.


Manifestantes queimam pneus e interrompem fluxo na BR-316

?Foi tão sério que por pouco eles não colocaram fogo no meu caminhão, só porque eu tava com uma criança no caminhão. O jeito é esperar e ver no que dá porque para frente não podemos ir e nem para trás?, completa o caminhoneiro Paulo da Silva.

Quem se dirigia para o Sul e para o interior do Estado não entendia o que estava acontecendo. ?Eu acho que se alguém tem alguma coisa a protestar deve ir protestar com quem é de direito. Eu te pergunto o seguinte: o que é que nós temos a ver com isso? Parar a entrada e a saída de Teresina por conta de que? Porque alguém deixou de ter luz ou alguém deixou de ter água? Vá então protestar na Agespisa, na Eletrobras ou na Prefeitura. O povo para o país e não acontece nada. As pessoas tem compromisso, tem o que fazer e é obrigado a se sujeitar e a ser comandado por minorias e a maioria se quiser que aguente esses abusos, proibindo o maior direito do cidadão que é o de ir e vir?, desabafa o comerciante Beijamim Kalume.


Manifestantes queimam pneus e interrompem fluxo na BR-316

A Polícia Rodoviária Federal organizava o trânsito, mas com efetivo pequeno as dificuldades eram grandes. ?Estamos conseguindo liberar o trânsito até esse trecho antes da manifestação. Fora isso nosso trabalho foi de orientar a população para pegar o viaduto do Promorar para poder ter acesso a Henry Wall e pegar a Vila Irmã Dulce para ter acesso novamente à BR?, explica o policial rodoviário federal, Jairo Lima.

Fonte: Marcilany Rodrigues