Manifestação reúne milhares de pessoas no Centro

Manifestação reúne milhares de pessoas no Centro

A Rede Meio Norte tem 3 equipes na Frei Serafim acompanhando cada detalhe da movimentação

O repórter Ricardo Moura Fé está no local de concentração dos jovens na Avenida Frei Serafim para a movimentação que acontece simultaneamente em mais 89 cidades em todo o país. A dúvida inicial por parte dos organizadores da movimentação é que se usaria apenas um lado da Avenida Frei Serafim, mas já foi definido que, por conta do número de pessoas esperadas, serão usadas as duas vias da avenida.

Presentes não só jovens, mas também profissionais formados, pessoas de todas as idades. ?Eu como jornalista me sinto honrado em vir cobrir essa manifestação que promete ser pacífica, de poder analisar como jornalista a festa da democracia, com a intenção de fazer algo de forma pacífica exigindo mais seriedade por parte dos políticos?, declarou o repórter da Rede Meio Norte Ricardo Moura Fé no seu Flash ao vivo direto da concentração.

Ele ouviu vários jovens que como discurso destacaram que a intenção é fazer um ato de repúdio à violência tanto em relação aos manifestantes e à polícia. ?Esperamos que os políticos e toda a sociedade nos escute?, relatou um estudante. A postura da manifestação em Teresina não quer que seja legitimada a ação por partido nenhum, tanto que alguns manifestantes de partidos políticos não são bem vindos, ?o que nós queremos é um Brasil justo, não queremos partidos políticos aqui, é um movimento apartidário?, defende um dos manifestantes.

?Estou de preto porque estou de luto pela situação do Brasil hoje, mas para protestar não precisa de cor?, fala outro manifestante. Oficialmente a intenção dos manifestantes é que saiam dso cruzamento da Frei Serafim e sigam para à frente do Palácio de Karnak e façam possivelmente a volta até à Avenida Miguel Rosa.

?Estou aqui, firme e forte apoiando o movimento como todo brasileiro deve apoiar. Sou estudante, isso é uma forma da gente tentar mudar o país, o Brasil. Querendo ver um país melhor?, contou um universitário estudante de Serviço Social.

A intenção do movimento em Teresina é ultrapassar a marca de 10 mil pessoas. A Rede Meio Norte tem 3 equipes na Frei Serafim acompanhando cada detalhe da movimentação dos jovens que protestam e ainda contam com o apoio do MN Helicóptero que faz tomadas aéreas da movimentação.

ATUALIZADO ÀS 16H58

Há tempos o Brasil não presenciava uma mobilização tão forte e engajada da população em luta por algum ideal. Futuramente este momento será marcado como uma época de revolução e as redes sociais tiveram importante papel nesta movimentação.

Frases do Hino Nacional brasileiro como ?Verás que um filho teu não foge à luta?, tantas vezes repetida sem sentido real, agora vem ganhando mais significado. As hashtags #ogiganteacordou #verásqueumfilhoteunãofogeàluta se tornaram alguns dos temas mais comentados nesses dias.

De acordo com o antropólogo Arnaldo Eugênio, os brasileiros cansaram de tanta enganação, e dessa vez o povo está determinado a não desistir participando desde que seja virtualmente. O evento no Facebook já contava, nessa terça-feira (18/6), no final da manhã, com 163.835 pessoas confirmando a participação.

A revolta da maioria das pessoas é principalmente por conta do gasto com milhões para a construção de estádios de primeiro mundo sendo que a população sofre com serviços ruins na área dos transportes, saúde, educação e infraestrutura urbana. As hashtags podem ser inclusive usadas para buscar assuntos e milhões de pessoas estão indo às ruas e o movimento tem mobilizado milhares de pessoas.

?Nos jornais há muitas coisas que não se mostram e na internet há a liberdade, as pessoas se reúnem nas redes sociais, se mobilizam, marcam encontros sem o cerceamento da mídia e o problema não é em relação a esses gastos, mas sim a falta do uso correto do dinheiro público, não é contra a copa, mas sim porque não se usa esse padrão de qualidade para as outras áreas como saúde, educação e infraestrutura?, conta uma estudante.

ATUALIZADO ÀS 17:30H

A reunião de manifestantes na capital piauiense, já ocupa o trecho do Palácio de Karnak até o cruzamento da avenida Frei Serafim com a rua Coelho de Resende. O helicóptero da Rede Meio Norte sobrevoa a área e mostra a multidão. O apresentador Ieldyson Vasconcelos mostra as imagens e o aumento no número de manifestantes em Teresina.

Em outros pontos do centro da cidade, também existe movimentação devido às manifestações. As imagens do helicóptero da Rede Meio Norte mostram o desvio que foi planejado pela Strans, para que motoristas comuns e de ônibus coletivos e inter municipais trafeguem durante a interdição da avenida Frei Serafim nos protestos. Na avenida Maranhão, por exemplo, um grande congestionamento acontece, além de um princípio de tumulto com quebra-quebra e sinais de fogo por alguns trechos da avenida, atos promovidos por alguns vândalos.

ATUALIZADO ÀS 18H20

Os populares que estão se movimentando ao longo da avenida Frei Serafim se deslocam agora em direção da Assembléia Legislativa do Piauí. A Rede Meio Norte continua com a cobertura total mostrando todos os detalhes desta manifestação que se mostra pacífica por parte dos manifestantes e que teve apenas algumas ações de vandalismo isoladas, no caso da depredação do ônibus da empresa Barroso na Avenida Maranhão.















FOTOS: JONATHAN DOURADO

Fonte: Marcilany Rodrigues