Marido admite que traía a mulher e é esfaqueado por ela

A mulher está presa e será julgada por tentativa de homicídio

Oluwakemi Etu foi presa na Nigéria acusada de esfaquear o marido, Kehinde Etu, após o sujeito confessar, na hora em que eles estavam transando, que tinha uma amante. O homem foi internado em estado grave.

A mulher esperou Kehinde dormir para agredi-lo com um facão. Gravemente ferido, ele foi levado por parentes a um hospital próximo. Os médicos disseram ter ficados chocados com os ferimentos, mas afirmam que ele passa bem depois de algumas cirurgias e do tratamento.

No interrogatório à polícia, a acusada disse que tinha discutido com o marido antes de irem pra cama.  Segundo ela, o marido começou a falar enquanto faziam sexo. Além de admitir a traição, o homem avisou que iria se casar com a amante. Os dois, segundo ela, continuaram transando assim mesmo.

Ela esperou o marido se deitar para elaborar a vingança. Pegou um facão e, com o marido dormindo, esfaqueou várias vezes o homem. Ela confessou o crime. O marido foi levado inconsciente e com graves ferimentos para o hospital Ijebu-Ode General.  Está se recuperando e, apesar dos ferimentos graves e profundos, como informou o hospital, não corre risco de morrer. A mulher está presa e será julgada por tentativa de homicídio.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7