Homem se entrega após matar mulher e enteado por ciúme: "Era traído"; veja

Suspeito resolveu se entregar após caso ter ganhado grande repercussão.

O homem suspeito de assassinar a mulher e o filho dela na manhã deste domingo (9), em São Vicente, no litoral de São Paulo, se entregou à polícia na Delegacia Sede de Guarujá na tarde desta segunda-feira (10). Durante o depoimento, ele confessou o crime e afirmou que a companheira estava o traindo, o que motivou a discussão entre o casal e posteriormente o crime.



Jair Moreno Ribeiro, de 33 anos, discutiu com a companheira Lenalva Ribeiro de Jesus, de 35 anos, acusando-a de ter o traído com amigos do filho dela, o jovem de 18 anos, Bruno Ribeiro de Jesus. Durante a briga, ele foi até a cozinha e pegou uma faca. Posteriormente, ele atacou a companheira o enteado. ?Matei por ciúmes. Eu estava sendo traído?, se limitou a dizer o suspeito ao chegar na delegacia.

Durante o depoimento, ele afirmou que já morava com a mulher há cerca de 2 anos, porém eles estariam brigando muito recentemente. ?Como o caso não caracteriza mais um flagrante, já que o crime ocorreu no domingo, pedimos a prisão temporária e o caso deve ser investigado em São Vicente?, explica o delegado reponsável por ouvir o depoimento, Wagner Camargo.

Caso

Lenalva Ribeiro de Jesus e seu filho Bruno Ribeiro de Jesus foram encontrados mortos dentro da própria casa, no Jardim Rio Branco, em São Vicente, no litoral de São Paulo, após vizinhos acharem estranho o local ter ficado aberto durante toda manhã e noite do dia 9 de fevereiro. Ao entrar na casa, os Policiais Militares localizaram os corpos das duas vítimas no meio da sala. As manchas de sangue já estavam secas, levantando a suspeita dos policiais que o duplo homicídio teria ocorrido horas antes.

Fonte: G1