Maternidade precisa de novas doadoras para Banco de Leite

Maternidade stá fazendo mobilização para conquistar novas doadoras

Como uma ação sistemática para não comprometer a quantidade suficiente de leite para cerca de 80 bebês prematuros, em leitos de internação neonatal, como na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neonatal), Unidade de Cuidados Intermediários Convencionais (Ucinco) e na Unidade de Cuidados Intermediário Canguru (Ucinca), o Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) está promovendo uma mobilização para conquistar novas doadoras.

Apesar do trabalho permanente de captação de mães dispostas a doar, nas últimas semanas, o banco perdeu dez delas – o que é considerado uma baixa considerável - como parte de um processo natural, que ocorre quando o bebê chega aos quatro meses e a produção reduz a ponto de atender apenas a necessidade do seu bebê, ou ainda, quando a mãe retorna ao trabalho e o processo de doação fica mais difícil.

De acordo com a coordenadora do BLH, nutricionista Vanessa Paz, "mobilizar a população para reposição por conta da saída dessas mães e ainda conquistar novas doadoras é a prioridade. A mãe que está em boas condições de saúde, após a mamada do seu bebê, pode ordenhar qualquer volume, o que já é importante".

Ela lembra que a doadora não precisa se deslocar, já que o banco dispõe de um veículo que vai até a residência da doadora receber o leite coletado. A coordenadora esclarece que o estoque da maternidade tem permanecido reduzido neste mês, para cerca de uma semana, pois a coleta que idealmente seria de 8 litros diários, está entre 4 e 5 litros, um volume muito baixo. "É preciso haver uma sensibilização constante", pontua Vanessa.

Para doar, é necessário que a doadora tenha em mãos frasco de vidro, touca e máscara, proceder a higienização e paramentação: massagear as mamas 

A divulgação do Banco de Leite da Evangelina Rosa é permanente, inclusive nas redes sociais. O setor atua no Facebook e Instagram para divulgar a campanha e alcançar o maior número possível de doadoras, mesmo quando os estoques não estão abaixo da necessidade dos bebês. Além disso, a equipe trabalha internamente nas enfermarias, sensibilizando as mães que vêm à maternidade trazer os bebês para vacinas e testes para realizar doações.

A Evangelina Rosa oferece um serviço de disque doação 0800 280 2522, onde profissionais capacitados esclarecem dúvidas acerca da doação de leite humano e amamentação em geral. As interessadas em doar podem ligar para 0800 280 2522 ou (86) 3228 -2022 e receber as orientações de como proceder. Caso a doadora prefira, pode se dirigir diretamente ao Banco de Leite, onde há uma sala de ordenha com profissional para recebê-la e orientar.

Fonte: Portal MN