Maternidades públicas querem aumentar o número de partos normais

Outro ponto é garantir o transporte seguro para gestantes e recém-nascidos, por meio do SAMU”, destaca a presidente da FHT, Fátima Garcêz.

Aumentar o número de realização de partos normais, que nas maternidades da Prefeitura de Teresina é de 59,20% para 65%, como determina o Ministério da Saúde. Essa é uma das metas previstas no planejamento das ações do Grupo Condutor Municipal da Rede Cegonha (GCM) para 2015.

As formas de atendimento às gestantes e recém-nascidos, capacitação de profissionais e avaliações também constam no planejamento, bem como a garantia de acompanhante durante a internação para todas as gestantes e realização dos testes do olhinho, pezinho, coraçãozinho e linguinha em todos os recém-nascidos.

“O trabalho nas maternidades será fortalecido através das capacitações em temas como humanização, assistência neonatal, boas práticas médicas e segurança do paciente”, acrescenta a assistente social e subcoordenadora do Programa Rede Cegonha no Município, Íris Amaral.

A Fundação Hospitalar de Teresina (FHT), responsável pelas ações realizadas nas maternidades municipais, incluiu no plano a realização de capacitações e as reformas nas maternidades.

“Com as reformas iremos aumentar a oferta de leitos nas maternidades e garantir a ambiência dos espaços, importante para o bom acolhimento das gestantes.

Outro ponto é garantir o transporte seguro para gestantes e recém-nascidos, por meio do SAMU”, destaca a presidente da FHT, Fátima Garcêz.

O Plano foi elaborado por técnicos da Fundação Hospitalar de Teresina (FHT), Fundação Municipal de Saúde (FMS), representantes das maternidades municipais, Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Ministério da Saúde.

O Grupo Condutor Municipal (GCM) atua de forma articulada, como explica a assistente social, Íris Amaral. “Todos os órgãos trabalham em conjunto, garantindo as ações da Rede Cegonha, desde a assistência pré-natal até o acompanhamento pós-parto. O GCM acompanha constantemente e realiza reuniões mensais para avaliar o cumprimento das metas traçadas no planejamento”, diz.

O GCM atua na gestão, em âmbito municipal, das ações da Rede Cegonha, programa que compõe a estratégia nacional do Ministério da Saúde para o atendimento em maternidades, visando a qualidade na atenção à saúde de mulheres e crianças.

Fonte: JMN