Médicos cancelam greve em Teresina

As tabelas serão encaminhadas para a Câmara Municipal de Teresina e para a Assembleia Legislativa

 Na manhã de hoje (18), o Sindicato dos Médicos convocou todos os médicos vinculados à Secretaria Estadual da Saúde e à Fundação Municipal de Saúde para apresentar as propostas feitas pelos gestores.

Ambas foram aprovadas após quase quatro meses de negociação, extinguindo a greve que estava marcada para esta segunda-feira. De acordo com a nova tabela da FMS, os médicos em início de carreira (20h), que hoje recebem R$ 1.294,43, passarão a receber R$ 1.730,23 já nos próximos meses. Ao final de 2011, o salário inicial será de R$ 3.115,95, somando um reajuste de mais de 140%. No ato da aposentadoria, o médico recebia R$ 2.329,26.

Em um ano e meio, esse valor será de R$ 5.607,01. Quanto aos médicos da SESAPI, o reajuste foi de 161,51% para médicos em início de carreira (20h), que recebem hoje R$ 1.010,00 e passarão a receber R$ 1.537,85 a partir desse primeiro semestre, e R$ 2.769,50 no final de 2011. Médicos do estado em final de carreira, que hoje contam com vencimento de R$ R$ 2.844,80, receberão R$ 5.607,01 em 2011.

As tabelas serão encaminhadas para a Câmara Municipal de Teresina e para a Assembleia Legislativa assim que acabar o recesso, para que os reajustes sejam acrescentados nos planos de carreira médica. Ficou acertado que as gratificações e produtividades serão incorporadas gradativamente até 2011, com exceção das gratificações pagas pelo Governo Federal aos médicos do SAMU, PSF e CAPS, que serão mantidas, assim como a insalubridade. Outro ponto acordado foi que os profissionais também serão contemplados com os reajustes oferecidos aos demais servidores públicos estaduais e municipais.

Fonte: Assessoria