Médicos escolhem novos conselheiros do CFM nesta segunda-feira

Médicos escolhem novos conselheiros do CFM nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira(25) acontece, em todo o Brasil, as eleições para escolha dos novos conselheiros do Conselho Federal de Medicina. Cerca de 393 mil médicos em atividade em todo o país estarão aptos a votar. No Piauí, mais de três mil médicos irão escolher os novos conselheiros federais de medicina, que representarão o Estado na instância maior da categoria. A eleição para os médicos piauienses que residem em Teresina acontece no dia 25, na sede do Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI).

Já para os médicos residentes no interior do estado, a votação será por correspondência e terá que ser postado, via Correios, até o dia 20 de agosto. O Conselho Federal de Medicina, CFM, é um órgão que possui atribuições constitucionais de fiscalização e normatização da prática médica. Ele tem a finalidade de supervisionar a ética profissional, zelando pelo perfeito desempenho ético da medicina, assegurando os direitos dos profissionais que exercem ou já exerceram a profissão.

Buscando uma renovação no plenário, a chapa 18, Renovar para Melhor Representar, vem dialogando com os médicos locais sobre a necessidade de uma ação mais sistemática em busca de novas conquistas para a classe. A chapa, que tem como candidatos o Dr. Leonardo Luz, psiquiatra, e a Dra. Lia Cruz Damásio, ginecologista e obstetra, estão disputando os cargos nessas eleições. A chapa tem como principal bandeira essa renovação da representatividade piauiense, trazendo ideais jovens e engajados em prol dos interesses da classe médica, da saúde e do bem-estar dos piauienses.

“Ao defender os interesses da nossa classe, vamos nos empenhar na defesa de uma boa prática médica, do exercício profissional ético e de uma boa formação técnica e humanista de nossos futuros médicos, convictos de que a melhor defesa da medicina consiste em garantir que haja serviços médicos de qualidade para todos”, afirma Leonardo Luz

. “Eu e Dr. Leonardo estamos dispostos a lutar para que os direitos de nossa classe sejam respeitados, atuando ativamente em defesa da boa medicina, trabalhando em conjunto com as outras entidades médicas. Nós, da chapa 18, também temos como bandeira a valorização profissional e salarial do médico, para ele poder, assim, cumprir sua meta social na medicina”, conclui Dra Lia Cruz.

Mais informações sobre o processo eleitoral está disponível no site do CFM (www.cfm.org.br)

Fonte: Felipe Farias