Membros do Comitê contra Dengue são apresentados ao aplicativo

A Ouvidoria da Prefeitura de Teresina tem acesso a uma lista.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realizou na manhã desta segunda-feira (14) mais uma reunião do Comitê de Mobilização Comunitária contra a Dengue, no auditório da instituição. Aos participantes foi apresentado o aplicativo Colab, que está disponível para Android e iOS, e nasceu como uma rede social onde a comunidade pode apontar a existência de problemas na cidade.

Por meio de um contrato de cooperação, a Prefeitura de Teresina adotou a plataforma como canal de relacionamento oficial com a população no ambiente digital no ano passado.

“O Colab aproxima o cidadão da gestão pública. Nós tentamos conectar os gestores aos munícipes. No aplicativo existem diversas categorias de demandas da cidade, como limpeza urbana, buraco em via pública, veículo abandonado, iluminação pública, dentre outros. E a FMS é a responsável por atender a categoria Foco de Dengue”, explicou o representante do Colab, Gustavo Carvalho.

No Monitor Colab.re, a Ouvidoria da Prefeitura de Teresina tem acesso a uma lista de fiscalizações e propostas dos usuários, acompanhadas de foto, endereço físico e link na rede social para cada problema relatado, além de visualizar comentários e curtidas de outros seguidores, bem como o número de protocolo gerado a partir de cada solicitação. 

“O Colab não é uma ferramenta que vá fazer com que o poder público faça além dos seus recursos, mas serve como ponte para que o mesmo poder público fique sabendo de forma mais ágil os problemas da cidade para tentar resolvê-lo da melhor forma possível. Pois todos sabemos que as demandas da cidade são infinitas e os recursos são finitos”, afirmou Gustavo Carvalho.

As equipes da Ouvidoria de Teresina já foram treinadas e operacionalizam as respostas aos munícipes via Colab. Hoje o aplicativo foi apresentado aos membros do Comitê de Mobilização Comunitária contra a Dengue, que é formado por diversos órgãos da saúde, educação, desenvolvimento urbano e rural e tem como finalidade elaborar programas permanentes e promover a integração das ações de controle da Dengue na atenção básica, com a mobilização do Programa de Agentes Comunitários de Saúde e Estratégia Saúde da Família.

Fonte: Com informações da Assessoria