Mendigos de Timon invadem as ruas do Centro de Teresina

Do total de mendigos registrados, apenas 35 são de Teresina

? s? chegar o per?odo natalino para que eles apare?am. Nas ruas do cen-

tro da cidade e at? mesmo nos shopping centers de Teresina, os pedintes aproveitam a ?poca de maior sensibiliza??o do ano para pedir esmolas. O ?ltimo levantamento realizado pela Secretaria Municipal do Trabalho,

Cidadania e de Assist?ncia Social (SEMTCAS), constatou 89 pedintes atuando em Teresina. Destes, cerca de 75% t?m resid?ncia fixa no munic?pio de Timon- MA.

J? em rela??o ?s crian?as, a situa??o ? ainda pior. Das cinco crian?as pedindo esmolas encontradas no centro da cidade, todas s?o do munic?-

pio vizinho. Do total de mendigos registrados, apenas 35 s?o de Teresina.

Os dados s?o resultantes das abordagens de rua realizadas pelos Agen-

tes de Prote??o Social- APS. De acordo com a coordenadora do Centro de Refer?ncia Especializado de Assist?ncia Social, Mayra Veloso, j? foi feito um contato com o munic?pio de Timon para que a Secretaria de Assist?ncia Social tome um posicionamento acerca dos pedintes que migram para a capital teresinense.

A situa??o ? ainda mais grave porque a minoria dessas pessoas pede esmolas para para sobreviver. De acordo com Mayra Veloso, h?

registros de pessoas que pagam um empregado para cuidar dos filhos enquanto pedem esmolas na rua. Isso indica que estas pessoas encaram o h?bito de pedir esmolas como fonte de renda. ?Eles se referem ? mendic?ncia como trabalho?, explica a coordenadora. Outro dado alarmante ? que a maioria dos pedintes tem casa pr?pria e vai para a rua apenas para conseguir dinheiro com doa?es ou por ter uma fam?lia desestruturada.

Em rela??o aos moradores de rua, o prefeito de Teresina, S?lvio Mendes, autorizou a abertura de um albergue no centro da cidade para abrigar adultos que moram nas ruas no per?odo da rua. O albergue tamb?m vai oferecer alimenta??o.

Fonte: Carolina Durães, Jornal Meio Norte