Menina com doença rara que causa velhice precoce morre aos 17 anos

Menina com doença rara que causa velhice precoce morre aos 17 anos

Uma menina de 17 anos portadora de uma doença rara que provoca o envelhecimento precoce morreu aos 17 anos, na Inglaterra. Hayley Okines nasceu com progeria, que causa o envelhecimento até oito vezes mais rápido que o normal. Ela era conhecida como a "adolescente de cem anos de idade", e era engajada em divulgar a doença e buscar recursos para pesquisas.

Moradora de East Sussex, no sul da Inglaterra, a menina virou porta-voz de uma fundação americana para pesquisas de progeria. Aos 14 anos ela escreveu a autobiografia com o título “Young at heart”, e dedicava sua vida a arrecadar fundos para pesquisas e a conscientizar as pessoas sobre a doença.


Segundo a BBC, Hayley estava internada com pneumonia, mas voltou para casa na quinta-feira passada. A mãe dela, Hayley Okines, confirmou a morte na quinta-feira à noite no Facebook, quando postou “Meu bebê foi para um lugar melhor. Deu seu último suspiro nos meus braços às 9:39”.

A sede da fundação, nos Estados Unidos, também confirmou a morte da menina. “A família inteira da Progeria chora quando muitos de nós dão adeus a Hayley Okines, nossa inteligente, bonita e espirituosa rosa inglesa”, escreveram.




 

Fonte: extra