Menina de 9 anos viraliza com discurso emocionante sobre o racismo

Seu testemunho é poderoso e profundamente comovente

A surpreendente sabedoria infantil costuma se afirmar através da simplicidade e do direto ao ponto que revela as verdadeiras questões, por baixo de qualquer justificativa ou abstração – as crianças costumam ver as coisas como elas simplesmente são.

E é isso que a pequena Zianna Oliphant, de 9 anos de idade, fez ao falar na câmara municipal da cidade de Charlotte, no estado da Carolina do Norte, nos EUA, sobre a maneira com que os negros são tratados.

Seu testemunho é poderoso e profundamente comovente, e o vídeo se tornou viral. A fala era sobre crescer como uma criança negra em Charlotte, que tem sido palco de profunda tensão racial, onde recentemente um homem negro, desarmado e rendido, foi assassinado por dois policiais a paisana, que afirmaram terem visto uma arma em sua mão.

Nascida na cidade, Zianna afirma que jamais havia se sentido assim. “Eu sinto que somos tratados diferente de outras pessoas, e não gosto como somos tratados”, ela afirmou, para em seguida cair em lágrimas.

Zianna foi incentivada pelos presentes a continuar, e arrematou: “É uma vergonha que nossos pais e mães sejam mortos, e nós não possamos mais vê-los. É uma vergonha que tenhamos que enterra-los. Estamos chorando e não devíamos estar chorando. Precisamos de nossos pais ao nosso lado”.

Nos EUA, assim como no mundo, um homem negro tem nove vezes mais chances de ser morto do que um branco – e sabedoria prática de Zianna nos mostra, do alto da sabedoria de sua pouca idade, o tamanho de um absurdo que precisa acabar.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness