Mesmo tomando anticoncepcional, avó de mais de 50 anos vira mãe

Debbie começou a suspeitar que algo estava errado em seu corpo em março de 2011.

Uma avó de 53 anos no Reino Unido ficou grávida e recebeu um novo fiho mesmo após tomar remédio anticoncepcional. Debbie Hughes imaginava que só iria cuidar de suas netas para o resto de sua vida, mas tornou-se uma das mulheres mais velhas a conceber um bebê no país, sem métodos de reprodução assistida.



Debbie começou a suspeitar que algo estava errado em seu corpo em março de 2011, quando já estava carregando, sem saber, um feto há cinco meses. Ela fez um teste de gravidez e, após colocar os óculos de leitura, ficou espantada com o resultado.

O novo filho se chama Kyle e nasceu em junho do ano passado no Hospital Geral de Northhampton, pesando quase 3,5 quilos. e seu irmão mais velho, Mark, tem 26 anos a mais.

Ela já havia dado à luz três outros filhos e tomava o remédio contraceptivo por precaução. Além de Mark, a britânica é mãe de Branson, com 11 anos. Sua filha Hayley morreu antes de completar 18 anos.

No mundo, a mulher mais velha a ter gerado um filho naturalmente que se tem notícia foi Dean Guernsey, que em 1997 deu à luz um bebê aos 59 anos de idade. Para os especialistas em fertilidade, engravidar acima de 53 anos é raríssimo.

Fonte: Daily Mail