Mil piauienses vão à Jornada da Juventude no RJ este mês

Os Piauienses não ficarão de fora desse evento e já se prepara para seguirem rumo ao Rio de Janeiro

Mais uma vez todas as atenções estão voltadas para o Rio de Janeiro. A cidade maravilhosa sedia na próxima semana, de 23 a 28 de julho, a Jornada Mundial da Juventude, que atrai fieis de todos os cantos de mundo.

Os Piauienses não ficarão de fora desse evento e já se prepara para seguirem rumo ao Rio de Janeiro. Dados da Arquidiocese de Teresina mostram que devem ir ao evento cerca de mil pessoas de todo o Piauí. Só em Teresina são 450 fiéis entre jovens, adultos e idosos.

O coordenador da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Teresina, Gil Kairós Neto, disse que há cerca de um ano que os piauienses se preparam para realizarem essa viagem e participar do evento.

"Estamos com expectativas muito boas para esse evento, principalmente pela presença do novo Papa. Esperamos que ele desperte no coração dos jovens que estarão no evento o desejo de estar mais próximo de Deus", afirmou.

Uma das precauções necessárias antes do evento é a vacinação, já que a Jornada reúne pessoas de vários países, onde algumas doenças possam ainda não terem sido erradicadas. Gil Kairós afirma que a Arquidiocese de Teresina teve o cuidado de alertar os piauienses que vão ao evento para essa necessidade.

A gerente executiva de Saúde da regional norte, Ayla Maria Calixto de Carvalho, afirma que essa é uma ótima iniciativa da Arquidiocese de Teresina, uma vez que a imunização dos piauienses que vão para a Jornada Mundial da Juventude é muito importante para manter sob controle as doenças que já foram controladas no país.

"Vai ter gente de muitos países esses dias no Rio de Janeiro e como nem todos eles tem um programa de controle como nós aqui no Brasil é importante que nós façamos essa imunização", pontuou.

Quem ainda não se vacinou pode procurar a sala de vacinação mais próxima de sua casa, com o cartão de vacinação, e se imunizar. O cartão é importante para que ele seja completado com as vacinas que ainda faltam, mas quem não o tem no momento, não deve deixar de ir.

Devem ser tomadas as seguintes vacinas: Tríplice Viral (Sarampo, Rubéola e Caxumba), Hepatite B, Dupla Tetânica (DT) e Influenza.

Fonte: Pollyana Carvalho