Monitoramento garante entrega de nove obras prioritárias em 2016

Fundação Getúlio Vargas acompanha obras no estado

O governador Wellington Dias reuniu-se com técnicos e consultores da Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo. Na oportunidade, os consultores apresentaram um relatório de acompanhamento de obras no qual foram listadas 37 obras consideradas prioritárias pelo Governo do Piauí. Segundo o consultor da FGV, Fernando Vasconcelos, os valores das obras monitoradas representam investimentos de cerca de R$ 2,1 bilhões.

Fernando destaca que todas estas 37 obras estavam paralisadas no início do governo Wellington Dias e que a totalidade foi retomada. “Com o trabalho de monitoramento que fizemos conseguimos destravar e fazer com que todas as obras que nos foram passadas fossem retomadas. Destas, duas delas já foram concluídas e garantimos a inauguração de mais nove ainda este ano”, declarou o consultor.

Entre as obras previstas para serem inauguradas até o final de 2016 estão: adutora do litoral; o alargamento da PI 116 (estrada que dá acesso à Pedra do Sal, em Parnaíba); Barragem de Tinguis; pavimentação asfáltica e contorno rodoviário no município de São Raimundo Nonato; rodoanel de Teresina; pavimentação da BR 235, entre os municípios de Santa Filomena e Gilbués; além dos acessos da ponte Juscelino Kubitschek, na avenida Frei Serafim, na capital.

Para o governador Wellington Dias, esse monitoramento é primordial para o desenvolvimento do estado. “Um dos maiores cuidados que tivemos quando assumimos o governo foi a retomada das obras. Uma obra parada gera um custo muito alto para o Estado, sem falar na população que é prejudicada sem poder ser beneficiada pelas ações. Hoje, nós temos 1.900 obras em andamento no Piauí e elegemos 37 obras prioritárias para que a Fundação Getúlio Vargas faça o monitoramento e garanta a conclusão”, declarou.

Wellington destacou que o Piauí já colhe frutos dessa parceria. “Já entregamos duas obras que foram: aeroporto da Serra da Capivara e a revitalização do Centro Histórico e drenagem de São Raimundo Nonato. Em 2017 devemos entregar mais 21 obras. Quando concluirmos todas essas obras previstas, iremos incluir outras nesse monitoramento prioritário. Com esse trabalho, todas as obras terão início, meio e fim bem definidos e dentro do cronograma”, explicou.

Para os anos de 2017 e 2018 estão previstas a inauguração de obras como: abastecimento de água de Parnaíba. esgotamento sanitário de Piripiri, duplicação das BRs 316 e 343, construção da Vila Olímpica de Parnaíba, macrodrenagem de Oeiras e o Centro de Eventos de Teresina, entre outras.

Fonte: Com informações do Portal do Governo