Moradores assinam petição para expulsar criança infectada com vírus HIV de aldeia

No início deste mês, os moradores formaram uma petição para bani-lo da aldeia.

Mais de 200 moradores de Sichuan assinaram uma petição exigindo que um menino de oito anos de idade, infectado com HIV, seja expulso de sua aldeia e tratado de forma isolada.

O garoto, apelidado como Kun Kun, contraiu o vírus de sua mãe, de acordo com o jornal “Diário do Povo”. Depois de ser diagnosticado em 2011, ele foi expulso da escola e rejeitado pelos aldeões.

No início deste mês, os moradores formaram uma petição para bani-lo da aldeia. O acordo foi assinado por mais de 200 residentes, incluindo o avô de Kun Kun. Em resposta aos pedidos dos moradores, o prefeito da cidade disse que o garoto deve gozar dos mesmos direitos que todos os outros e, ao invés de expulsá-lo da vila, o município vai realizar um trabalho de conscientização na região.

A AIDS é amplamente estigmatizada em toda a China, sendo que as pessoas infectadas enfrentam discriminações diárias, com alguns enfermeiros e médicos se recusando a tratá-los, além de empresas que se recusam a contratar os doentes.

O governo tem implantado políticas para pôr fim à discriminação. Outro morador disse: “Ele vai infectar outras pessoas. Se ele sangrar, o vírus vai se espalhar para outras pessoas. Eu o odeio, odeio a sua doença. Quando ele veio visitar a minha casa, eu dei-lhe de comer. Mais tarde, eu joguei fora os objetos que ele usou.”

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Gadoo