Moradores e PM se emocionam com bebê achado dentro de bolsa

O motorista André Gomes ouviu o choro da criança e correu para buscar ajuda.

Foi um dia de susto e emoção para os moradores da Rua Mário Joaquim no Bairro São Francisco, em Niterói, na Região metropolitana do Rio, que encontraram um bebê dentro de uma bolsa de viagem pendurada na grade de uma casa. O motorista André Gomes ouviu o choro da criança e correu para buscar ajuda.

?Eu fiquei tão abalado, fiquei assim cinza, não sabia nem o que fazer?, contou ele.

A dona de casa Maria da Penha, também moradora da rua, foi a primeira a ver a criança, achada na manhã de quarta-feira (16). E até os policias chamados para levar o menino ao hospital se emocionaram.

"Que essa criança possa ter uma vida, uma continuidade, né, e possa, se Deus quiser, ter um lar bem melhor que o anterior?, disse o cabo da PM Ronaldo Carneiro.

Policiais da delegacia do bairro procuram a mãe da criança, mas se depender da dona Maria da Penha, o bebê já tem uma nova família.

"Amanhã (quinta-feira, dia 17), eu vou lá no Antônio Pedro (hospital). Vamos ver se a gente vai conseguir pegar esse bebê?, afirmou ela.

O menino está em observação no Hospital Antônio Pedro, em Niterói e passa bem. Ele é chamado de Francisco pelos médicos e enfermeiros, Quando receber alta, será encaminhado a um abrigo até que o juizado decida sobre o processo de adoção.

Muitas mulheres não sabem, mas é possível entregar um bebê recém-nascido para ser adotado no Juizado de Menores ou mesmo na maternidade em que ele nasceu. Desta maneira, a criança permanece em segurança, sendo assistida, e a mãe não comete crime de abandono, que prevê pena de seis meses a três anos de prisão.

Fonte: g1, www.g1.com.br