Moradores se revoltam ao encontrar cão enterrado vivo na França

O cão assustado e desidratado foi medicado e sobreviveu.

As redes sociais da internet na Europa foram invadidas pela imagem de um mastiff francês enterrado vivo na região de Carrieres-sur-Seine, a oeste de Paris (França). O caso causou comoção e revolta.

O animal foi descoberto no último sábado (2/8) por um homem que caminhava com o seu próprio cão. Ele postou foto no Facebook e comentou: "Apenas a cabeça estava visível e mesmo asism estava difícil de ver por causa da terra que a cobria".

De acordo com a agência France Presse, um homem de 21 anos, identificado como dono do mastiff, foi preso. O cão, "assustado e desidratado" foi levado a uma clínica veterinária e sobreviveu à barbárie.

Em delegacia, o detido negou ter enterrado o cão. Ele apenas afirmou que o mastiff fugira de casa. A polícia considerou a versão "pouco plausível".

Image title


Fonte: Com informações do O Globo