Moradores temem que casas desabem por causa da chuva

Moradores temem que casas desabem por causa da chuva

Com as chuvas fortes que têm caído na capital, os moradores do Conjunto Parque Brasil I estão com receio de serem soterrados.

Dormir ao pé da porta de saída. Essa tem sido a rotina de moradores de casas de taipa localizadas no Parque Brasil I, zona norte de Teresina. Famílias inteiras ficam perto da saída a noite toda, buscando facilitar a fuga no caso de um possível desabamento durante as chuvas mais fortes. Já há casos de desabamentos na região, e os Bombeiros já retiraram algumas famílias.

Na residência da dona de casa Eliane de Araújo, a água entrou por frestas entre as paredes e o teto, por volta das 21h do último domingo. Ela, o marido Francisco Egilson e os seis filhos foram pegos de surpresa. Viram-se obrigados a correr contra o tempo, retirando água dos cômodos com o uso de baldes. Tiveram de contar com a ajuda de vizinhos, para evitar mais prejuízos.

No local, o chão de barro batido ainda está bastante encharcado. Móveis e pertences também exibem as marcas da água. Inseguros, os moradores não sabem o que fazer, já que a situação agrava-se conforme avança o período chuvoso. ?Já tentamos ajuda junto à prefeitura, mas fomos informados de que isso só seria possível com a regularização fundiária do terreno ? coisa que não temos condições de fazer?, disse Eliane. Várias casas da região sofrem com o mesmo problema. A dona de casa Maria de Fátima Lima Silva afirmou que tem uma irmã que passa pelo mesmo problema. ?A casa dela está sendo frequentemente tomada pela água?, resumiu a moradora.

MAPEAMENTO - De acordo com o superintendente executivo da SDU-Leste, Acelino Portela, a atual gestão municipal está realizando um levantamento sobre os locais que mais necessitam de atenção no período das chuvas. ?Estamos realizando um mapeamento das áreas em questão e destacando os pontos mais urgentes, mas, infelizmente, devido ao ajustes financeiros que estamos realizando na Prefeitura, só podemos providenciar aquilo que for realmente de caráter emergencial?, enfatizou o superintendente executivo.

Acelino Portela ressaltou ainda que o prefeito Firmino Filho solicitou que todas as SDUs se empenhassem nesse levantamento sobre a localização das áreas mais afetadas durante o inverno. ? O prefeito exigiu que todas as SDUs realizassem esse levantamento, a fim de que possamos atender melhor as demandas de nossos munícipes, principalmente os que se encontram em situação de risco no inverno?, finalizou.

Fonte: ;p