Morre bebê que estava na UTI com suspeita de ingerir cocaína

Criança de apenas nove meses estava internada desde o domingo (9)

Morreu na noite desta sexta-feira (13) a criança de 9 meses que estava internada na UTI do Hospital Arlinda Marques com suspeita de ter ingerido cocaína. Segundo informações da diretora administrativa do hospital, Aline Nery, a morte foi confirmada aproximadamente às 20h da noite, mas a causa ainda está sob investigação. O corpo foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), onde será feita a necrópsia.

A criança de 9 meses estava internada desde o último domingo (8). Segundo a diretora administrativa do Hospital infantil onde ela estava sendo atendida, a bebê deu entrada na unidade levada pelos pais, apresentando um quadro convulsivo, e sofreu uma parada cardiorrespiratória, ficando inconsciente e em estado de coma, em seguida ela sofreu mais duas paradas cardíacas.

Na tarde desta sexta-feira (13) os pais foram ouvidos pela delegada Andrea Melo, responsável pela Delegacia de Crimes Contra a Infância e a Juventude. A delegada Andreia Melo informou que não daria detalhes sobre o depoimento dos pais, mas adiantou que eles afirmaram não ser usuários de drogas. A delegada informou ainda que aguarda o resultado do exame toxicológico, que vai apontar se a criança ingeriu alguma droga, para só então tomar qualquer providência.

O conselheiro tutelar Lenon Jane Fontes, da Região Sul, disse que o caso foi informado para Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Criança e Adolescente. "Se for confirmado o uso de entorpecentes, vou encaminhar o caso para o Ministério Público e chamar as famílias", Lenon Fontes disse ainda que nessas circunstâncias os pais podem perder a guarda da menina.

Fonte: G1