Morre cão resgatado após ter sido jogado vivo dentro de "cova" pelo próprio dono; suspeito fugiu

Morre cão resgatado após ter sido jogado vivo dentro de "cova" pelo próprio dono; suspeito fugiu

Cachorro foi resgatado por integrantes do Grupo de Proteção aos Animais.

O cachorro que foi salvo após ter sido encontrado vivo em uma "cova" morreu na tarde desta quarta-feira (2) em Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O cão foi resgatado no domingo (30) por integrantes do Grupo de Proteção aos Animais (GPA). O responsável pelo crime, que é o próprio dono do animal, ainda não foi identificado.

Após ter sido salvo, o cachorro foi levado para uma clínica própria do GPA, onde recebeu os primeiros atendimentos. Ele ficou em observação e foi medicado pelos veterinários, mas não resistiu e morreu por volta das 16h desta quarta-feira.

O caso ocorreu no bairro Jardim Paulistano. De acordo com o depoimento de Márcia Colla, presidente do GPA, um rapaz que trabalhava em um terreno baldio atendeu ao pedido de um desconhecido para abrir uma cova no local e enterrar um animal que estaria morto. Entretanto, o rapaz acabou se surpreendendo ao constatar que o cão, na verdade, estava vivo.

Ao notar a intenção do dono do animal, o rapaz se negou a realizar o serviço e acionou o Grupo de Proteção aos Animais. ?Nós o encontramos já dentro da cova, com bicheiras, um forte mau cheiro e extremamente magro. Após banho, remédios, água e dois pratos de comida, o cachorro começou a andar, para emoção de todos que acompanharam seu resgate", afirmou Márcia.

O rapaz que se negou a enterrar o cachorro não conhece o dono do animal. De acordo com Márcia, as buscas por ele já começaram. Até o momento, o suspeito ainda não foi localizado.

Fonte: G1