Morre jovem que caiu de viaduto durante as manifestações em BH

Morre jovem que caiu de viaduto durante as manifestações em BH

O jovem morreu no final da noite desta quarta-feira após sofrer lesões múltiplas.

O metalúrgico Douglas Henrique de Oliveira Souza, de 21 anos, morreu no final da noite desta quarta-feira após sofrer lesões múltiplas ao cair do Viaduto José de Alencar, em Belo Horizonte, durante o protesto realizado na cidade antes e durante a semifinal da Copa das Confederações Brasil x Uruguai.

O jovem caiu de uma altura de aproximadamente 6m no final da tarde, teve várias fraturas e perda de massa encefálica, sendo encaminhado ao Hospital João XXIII, no bairro Santa Efigênia. Apesar das cirurgias de emergência realizadas durante a noite, Douglas não resistiu e morreu por volta das 23h.

Este é o quinto caso de morte durante os inúmeros protestos pelo Brasil nas últimas semanas - o primeiro foi o do estudante Marcos Delefrate, de 18 anos, atropelado em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo; o segundo, o da gari Cleonice Vieira de Moraes, de 54 anos, após inalar gás lacrimogêneo enquanto trabalhava em Belém, no Pará.

Na útilma segunda-feira, outras duas mulheres foram mortas após serem atropeladas enquanto interditavam a pista da BR-251, próxima à cidade de Cristalina, município goiano do entorno do Distrito Federal

O caso fatal de Douglas Henrique de Oliveira Souza, porém, se tornou o primeiro em uma das seis sedes da Copa das Confederações (além de BH, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador).

Nesta quarta-feira, mais um confronto entre vândalos e policiais foi a nota do triste do protesto em Belo Horizonte, que reuniu entre 40 e 50 mil pessoas na região da Avenida Antônio Carlos.

A manifestação começou na Praça Sete de Setembro - região central de Belo Horizonte -, mas os participantes resolveram ir até as proximidades do Estádio do Mineirão, onde havia maior visibilidade por causa do jogo Brasil x Uruguai. No cruzamento da Avenida Antônio Carlos com a Antônio Abrahão Caram, porém, os conflitos entre protestantes e oficiais começaram e entraram pela noite.

Fonte: msn