Morre o apresentador Goulart de Andrade aos 83 anos

Jornalista estava em tratamento de um câncer no fígado

O jornalista Goulart de Andrade morreu na manhã desta terça-feira (23) vítima de um câncer no fígado. Aos 83 anos, o apresentador estava internado há cerca de duas semanas no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, mas não resistiu ao tratamento. 

A carreira televisiva de Goulart de Andrade teve início com o programa "Preto no Branco", na TV Rio, em 1958. Nos anos 70, o jornalista trabalhou no "São Paulo Especial" e no "Globo Shell Especial", ambos da TV Globo. Natural do Rio de Janeiro, foi jornalista, publicitário, radialista, ator, diretor, diretor de cinema e TV e empresário do setor de comunicação.

Goulart de Andrade (Crédito: Divulgação)
Goulart de Andrade (Crédito: Divulgação)

Goulart de Andrade viveu intensamente a carreira de repórter, apresentador e jornalista. Com 61 de profissão, o jornalista dedicou mais de meio século de atividade intensa e inquieta, transformando a linguagem da TV com sua reportagem narrativa. No acervo pessoal, que hoje está na Sala Cinemateca, em São Paulo, há mais de 12 mil horas de gravações do “Comando da Madrugada”, marca que foi criada por ele ainda na Rede Globo.

O último trabalho do jornalista foi na TV Gazeta, como apresentador do programa "Vem Comigo”, onde atuou ao lado dos alunos da Fundação Cásper Líbero.

Goulart deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem viveu nos últimos 13 anos e não teve filhos. Também deixa três filhos, três netos e uma bisneta.


Fonte: iG