Mortalidade por câncer de mama cresce na terceira idade

Resistência à mamografia aparece como principal causa

 Um levantamento realizado pela Escola Pública de Saúde da Fundação Oswaldo Cruz revela que o número de casos de mulheres com câncer de mama acima dos 60 anos vem crescendo nos últimos anos. Segundo o levantamento, as mulheres com mais de 60 anos acham a mamografia desnecessária e não procuram o médico.

Essa seria uma das principais causas do crescimento de 40% dos casos de câncer de mama em mulheres acima dos 60 anos entre 1980 e 2005. Dados da Fundação mostram que o câncer de mama é o tumor que mais mata mulheres nessa faixa etária. Foram entrevistadas 4821 mulheres e, entre elas, 1.287 nunca tinham feito uma mamografia. O dado mais grave, segundo os médicos é o fato de mais da metade (53,9%) simplesmente não considerava o exame necessário.

Médicos da escola de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz alertam para os perigos da falta de prevenção e acreditam que apenas medidas de conscientização poderão reverter este quadro. Edimilson Micali, especialista do Minha Vida explica que medidas simples como o autoexame e consultas médicas periódicas diminuem muito a mortalidade por câncer de mama e a ocorrência de casos em que é preciso a retirada da mama.

Fonte: minhavida