Morte do ex-governador Lucídio Portela ganha destaque nacional

Grandes sites divulgaram o histórico do ex-gestor.

O ex-governador Lucídio Portela, 93 anos, morreu, na tarde da última sexta-feira, dia 30, em Teresina. Ele não estava hospitalizado e morreu durante visita a clínica do filho após sentir fortes dores abdominais. Lucídio foi casado com a ex-deputada federal Miriam Portella, era pai da deputada federal Iracema Portella e sogro do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP.

O governador Wellington Dias (PT) decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-governador. Ele disse que Lucídio Portella figura na galeria das grandes personalidades do Estado. Mas não foi apenas o governador que lamentou a falta de uma personalidade tão importante para o Piauí.

Sites nacionais como UOL, R7 e o Estadão repercutiram a morte do ex-gestor retratando toda a sua vida na política e destacando a sua importância para o Piauí.

Image title

Image title

Image title

Image title


Fonte: Portal Meio Norte