Motorista de Camaro diz está em choque após 6 colisões; 4 feridos

Quatro pessoas ficaram feridas na ocasião, além do próprio rapaz.

O advogado João César Cáceres, defensor do rapaz de 19 anos que se envolveu em um acidente, ontem (30), na avenida Inajar de Souza (zona norte de São Paulo), disse que seu cliente está em estado de choque e sem condições de narrar o que aconteceu. Quatro pessoas ficaram feridas na ocasião, além do próprio rapaz.


Motorista de Camaro está em choque após acidente, diz advogado

"Até agora [noite de ontem], ele não consegue entender tudo aquilo. Ele é um rapaz que não tem histórico de bebedeiras e é trabalhador", disse o advogado.

Felipe de Lorena Infanti Arenzon, 19, foi indiciado sob suspeita de tentativa de homicídio doloso (por assumir o risco de dirigir em alta velocidade), embriaguez ao volante e fuga do local de acidente. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas uma lata de cerveja foi encontrado no veículo, disse a polícia.

Antes do acidente na Inajar de Souza, o rapaz já tinha se envolvido em outro acidente mais cedo, e fugiu, de acordo com a polícia. O para-choque do carro se soltou e ficou na via. Após a segunda colisão ele ainda fugiu a pé, mas foi localizado escondido em uma casa da região.

Vereador em Embu das Artes (Grande São Paulo), o empresário Milton Arenzon (PMDB), pai do jovem, passou mal ao saber dos acidentes causados pelo filho ontem e precisou de atendimento médico. "A gente vê isso toda semana, mas nunca imagina que vai se passar com a nossa família. Só posso pedir desculpas às vítimas e aos seus familiares. Lamento muito o sofrimento dessas pessoas", disse o vereador.

Segundo Arenzon, o filho comprou o Camaro envolvido nos acidente há cerca de dez dias, em sociedade com um irmão e outro parente. "Fui saber que ele estava com esse carro quando me falaram do acidente. Ele mora com a avó [em Pinheiros, zona oeste de SP]. Sempre foi um menino trabalhador e nunca se envolveu em confusão. É tudo muito triste."

Fonte: Folha.com