Motoristas desrespeitam sinalização para veículos no centro de Teresina

Entre as infrações as que mais são flagradas são de estacionamentos em locais proibidos

Em meio às compras de Natal e a movimentação mais intensa que isso causa no centro de Teresina, não é incomum encontrar carros infringindo leis de trânsito nas ruas do centro da capital. Entre as infrações as que mais são flagradas são de estacionamentos em locais proibidos.

A ação dos motoristas reflete no trânsito nas ruas do centro. O que já tem a predisposição de congestionar, devido ao tráfego intenso e às ruas serem estreitas, piora com a presença de carros em locais que são proibidos justamente para que o trânsito possa fluir com maior facilidade.

Trabalhando em uma loja de departamentos, Marcos Gonçalves conta que dificilmente não vê carros em locais de estacionamento proibido: "Toda hora tem um carro parado em lugar errado. Eles param, ligam o pisca alerta e saem com a desculpa de que não vão demorar. Mas é o tempo suficiente para congestionar tudo".

Para Bruna Ferreira, os congestionamentos nas ruas do centro até desanimam a ida para fazer compras por lá: "Você sai de casa para comprar algo no centro e volta depois de enfrentar horas tanto para ir, quanto para voltar, for a a falta de estacionamentos por lá. É um estresse a mais na nossa vida. Prefiro nem ir e resolver minhas coisas nos shoppings que é mais cômodo.

Segundo o Código Nacional de Trânsito, os valores das multas para esse tipo de infração vão de R$ 53,20 e três pontos na Carteira Nacional de Habilitação, para infrações leves, até R$ 127,69 com perda de cinco pontos na carteira, para infrações mais graves, além de poder ter o veículo guinchado ao pátio do Detran.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito - STRANS, informou que as fiscalizações no centro da cidade são rotineiras, com várias equipes do órgão.

O órgão também confirma que todas as ruas estão sinalizadas e o que há é uma desobediência dos próprios condutores. O órgão também informou que durante o final de ano as ações da STRANS estão mais intensas no centro da capital.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Victor Costa