Motoristas farão exames do Detran em 7 regionais para agilizar atendimento

“Dividimos o Estado em sete regionais que realizarão os exames, a fim de dar vazão aos processos.

Para agilizar o atendimento de 14 mil processos de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos candidatos que residem no interior do Estado, e tem vencimento até 31 de agosto de 2015, o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), criou sete regionais para descentralizar os exames práticos na capital do Estado. As provas serão realizadas nos seguintes municípios: Parnaíba, Piripiri, Picos, Floriano, Bom Jesus, São Raimundo Nonato e Teresina.

De acordo com Arão Lobão, diretor geral do Detran, a medida visa desburocratizar e facilitar aos candidatos o acesso aos testes práticos, atendendo todos os municípios onde existem Centros de Formação de Condutores (CFC).

“Dividimos o Estado em sete regionais que realizarão os exames, a fim de dar vazão aos processos. Agora não há mais necessidade de solicitar pedido de deslocamento junto ao departamento para realizar as provas em uma dessas regionais”, explica o diretor.

O agendamento para a realização da prova estará disponível sete dias antes da chegada da banca examinadora na regional. Terão prioridades os processos de candidatos de Primeira Habilitação com data de vencimento de até 120 dias, contados da data prevista para a realização dos testes práticos.

“Já os processos que estejam com data de vencimento de até 30 dias e não conseguiram vagas nas regionais, não necessitam de autorização para fazer o exame em Teresina”, acrescenta o Arão Lobão.

As provas práticas são avaliadas seguindo as normas da resolução nº 168, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) de 14 de dezembro de 2004, onde são estabelecidos normas e procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos, a realização dos exames, a expedição de documentos de habilitação, os cursos de formação, especializados, de reciclagem e dá outras providências.

As bancas são compostas por 42 examinadores e cinco secretárias, designadas, conforme legislação, pelo diretor geral do Detran, além de possuírem curso específico para o exercício da função. A expectativa é que cerca de 900 exames práticos de percurso e baliza sejam realizados em cada regional do Estado.

Fonte: Jornal Meio Norte