Motoristas reclamam da falta de sinalização em vias da capital

Com o crescimento da frota e o alto fluxo de veículos, os riscos de acidentes também evoluem

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (22) DO JORNAL MEIO NORTE

 

As exigências dos teresinenses em torno do trânsito tem aumentado gradativamente nos últimos anos. Com o crescimento da frota e o alto fluxo de veículos, os riscos de acidentes também evoluem, desse modo passa a ser ainda mais importante a atuação dos órgãos responsáveis pelo setor no controle e dinamização do tráfego em nossas vias.

No trecho que compreende a avenidas José dos Santos e Silva e Maranhão não é diferente. A reclamação se volta, neste caso, para uma atenção maior quanto a sinalização, de modo que os riscos possam ser minimizados e os congestionamentos diminuam.

O professor José Pinheiro passa constantemente pela região e relata as dificuldades enfrentadas pelos motoristas. "Gostaria que colocassem um semáforo indicando a liberação da conversão para os condutores que vão em direção à José dos Santos e Silva quando estes estiverem na Maranhão", confessa.

O morador ainda converge para as vantagens que isso traria. "Isso desafogaria a via", destaca. Através de sua assessoria, a Superintendência de Trânsito (Strans) informou que está ciente da questão e já trabalha com opções para solucionar os empecilhos apontados, contudo, ressalta que tudo dependerá da avaliação dos engenheiros, serão eles que definirão qual o melhor projeto para a área.

Jornal Meio Norte no WhatsApp

A pauta foi sugerida pelo professor José Pinheiro através do WhatsApp do Jornal Meio Norte. Qualquer leitor pode entrar em contato e indicar matérias que contemplem toda a comunidade.

Repórter: Francy Teixeira

Fonte: Francy Teixeira