MS Cortella faz palestra ‘A Arte de Liderar’ em Teresina

Maiores informações: (86) 32302090 e 394273616.

Cortella é graduado em Filosofia, Mestre e Doutor em Educação,Professor em várias universidades no Brasil, membro do conselho técnico científico educação básica da Capes/MEC  e autor de publicações na área.

No dia 24 de maio de 2016, Cortella fará a palestra A Arte de Liderar no Blue Three Towers Rio Poty. Pela primeira vez em Teresina, o renomado professor será enfático ao ensinar a como assumir liderança. As vendas já iniciaram e estão disponíveis na Kalor Produções , Audi Center Teresina , Livraria Anchieta e site Ingressossky. Maiores informações: (86) 32302090 e 394273616. A palestra tem apoio da Audi .

Leia:

“Talvez não tenhamos conseguido fazer o melhor, mas,  lutamos para que o melhor fosse feito. Não somos o que deveríamos ser, não somos o que iremos ser, mas, felizmente, não somos mais o que éramos”

Há muitos momentos da nossa prática nos quais essa recorrente frase atribuída a Marttin Luther King cabe perfeitamente. Ela vale quando o ano termina, quando avaliamos o trabalho já feito, a participação em projetos, a colheita eventual de fracassos etc. No entanto, entendo que a parte mais forte da frase está na expressão “lutamos para que o melhor fosse feito”!

Ora, a nossa tarefa e, nela, a atenção extrema com as pessoas e os resultados, é, antes de tudo uma ação de liderança, e, essencialmente, uma liderança que provoque aspirações e práticas para que o melhor seja feito.

Essa obra, muitas vezes um combate, outras uma refrega e, outras ainda, peleja persistente, exige desenvolver a arte de liderar, de modo que se possa construir o melhor, no lugar de contentar-se com o possível.

Liderança não é um atributo atávico, vindo conosco do nascimento; é uma atitute a ser desenvolvida a partir das atividades com as quais nos envolvemos. Liderança é, sobretudo, a capacidade de inspirar. Inspirar  pessoas, idéias, projetos. A líder ou o líder são hábeis para infundir vitalidade e, com isso, animar (soprar anima/alma/animação) nas empreitas coletivas.

Não se deve, claro, confundir “líder” com “ chefe”; nem sempre há coincidência na mesma pessoa. A chefia é, usualmente, uma decorrência hierárquica, a ser obedecida em função das normas e sanções. Já a liderança não tem relação exclusiva com a hierarquia, pois não se obedece, mas, se segue, se admira e se compraz em seguir as orientações e inspirações. Repita-se: liderar é inspirar, e, não, expirar!

Expirar é tirar o fôlego, desanimar, desvitalizar; muitos e muitas em níveis de gestão fora ou dentro da sala-de-aula, conseguem somente expirar as pessoas à sua volta, a tal ponto que o contato (forçado?) com esse expirador é sempre precedido de uma dissimulado suspiro de desencanto.

Por isso, a liderança como Inspiração exige a compreensão e a prática de cinco competências: libertar a mente, elevar a equipe, recrear o espírito, inovar a obra e empreender o futuro. Do contrário, o melhor se afasta e resta apenas o desalento presente no possível.


Detalhes da Palestra (Crédito: Divulgação)
Detalhes da Palestra (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações da Assessoria