Gaddafi foi baleado na cabeça durante tiroteio; veja fotos!

Gaddafi foi baleado na cabeça durante tiroteio; veja fotos!

Gaddafi teria morrido poucos minutos antes de chegar ao hospital

O ex-ditador líbio Muammar Gaddafi morreu durante uma troca de tiros entre seus apoiadores e as forças rebeldes depois de sua captura. A informação é do Conselho Nacional de Transição (CNT), da Líbia, divulgada pela agência Reuters.

Gaddafi teria morrido poucos minutos antes de chegar ao hospital. Segundo o CNT, não foram dadas ordens para matar Gaddafi, portanto, sua morte não teria sido "intencional".

O premiê interino da Líbia, Mahmoud Jibril, disse, em uma coletiva de imprensa em Trípoli, que Gaddafi morreu atingido por uma bala na cabeça durante um tiroteio em Sirte, sua cidade natal, tida como último reduto dos aliados do ex-ditador.

"Quando o encontraram, ele estava bem de saúde e levava uma arma", disse Jibril, completando que depois foi levado para uma pick up. "Quando o veículo arrancou, ficou no meio de um tiroteio entre combatentes pró-Gaddafi e revolucionários, e morreu após ser atingido na cabeça por um disparo".

Mais cedo, um porta-voz do CNT em Benghazi, Jalal al-Galal, havia dito que um médico examinara o corpo do ex-líder em Misrata e informado que ele havia sido atingido por um tiro na cabeça e outro no abdômen. Uma fonte do CNT afirmou que Gaddafi foi capturado vivo e teria resistido.

As informações sobre a morte do ex-ditador começaram a ser divulgadas depois que a Anistia Internacional pediu uma investigação independente sobre as circunstâncias da morte de Gaddafi. Em comunicado, a organização pediu ao CNT que informe todos os detalhes da morte e faça uma investigação imparcial sobre como ela ocorreu.

Gaddafi comandava a Líbia desde 1969, quando ainda era um capitão do Exército de 27 anos de idade e derrubou o rei Idris 1º.









Fonte: UOL