Mulher anã morre após paraquedas não abrir durante salto

As autoridades informaram que vão investigar o caso

A inglesa Pamela Gower morreu após seu paraquedas não abrir durante salto em Durham, na Inglaterra, no sábado (10). Pamela, que sofre de nanismo, ganhou seu certificado para saltar sozinha há poucas semanas. Empolgada para realizar seu sonho, ela publicou uma foto em sua rede social horas antes do acidente. "Nada me faz mais feliz do que o paraquedismo. Mal posso esperar pelo próximo salto", escreveu.

Pamela trabalhava como conselheira admissional em uma ONG que recoloca pessoas com deficiência no mercado de trabalho, caiu em cima de um carro estacionado em um pátio em Shotton Colliery. Ela foi levada para um hospital, mas foi declarada morta momentos depois.

No Facebook, o primo de Pamela, Anthony Cairns, fez uma homenagem para a paraquedista. "É com grande tristeza que eu gostaria de compartilhar a triste notícia de que minha adorável prima Pamela Gower faleceu ontem à tarde depois que seu pára-quedas não abriu corretamente. Ela viveu a vida plenamente e certa do que era o certo. Descanse em paz, Pamela Glower. Todos vamos sempre te amar", declarou.

As autoridades informaram que vão investigar a Associação Britânica de Paraquedismo para descobrir o que aconteceu com o equipamento da mulher.

Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL