Mulher dá luz a bebê em recepção de maternidade e recém-nascido cai no chão durante o parto

Mulher dá luz a bebê em recepção de maternidade e recém-nascido cai no chão durante o parto

Parto aconteceu na noite de terça-feira (11), em hospital de Goiânia

Um vídeo enviado à TV Anhanguera pelo telespectador João Paulo Araújo mostra uma mulher que deu à luz na recepção da Maternidade Nascer Cidadão, em Goiânia. As imagens, gravadas na noite de terça-feira (11), registraram o momento em que a criança cai no chão e, em seguida, é recolhida por um médico da unidade de saúde, a maior da região noroeste da capital e referência em parto humanizado.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o secretário municipal de Saúde, Fernando Machado, afirmou que não acreditava que houve negligência do hospital, mas informou que uma sindicância será aberta para apurar o caso. Por meio de nota enviada por sua assessoria, ele anunciou o afastamento de todo o corpo técnico que estava de plantão no momento do parto.

A gestante estava sentada em um banco quando a criança nasceu. Segundo testemunhas, o bebê bateu a cabeça no chão. Pelo áudio do vídeo original, postado pelo telespectador no Facebook, é possível ouvir pacientes revoltados, que dizem: "Povo Irresponsável". Uma funcionária de roupa azul chega para atender a mulher que havia acabado de dar à luz e se defende: "Sou só enfermeira".

João Paulo não conhecia a mulher que deu à luz. Ele presenciou a cena porque aguardava atendimento para a esposa, Thainy Prudência da Silva, 25 anos, que também está grávida. Ele diz não ser o autor do vídeo, que teria sido passado para o seu celular por homem que estava no hospital e pediu que ele divulgasse. "Não fiz nada mais que eu dever de cidadão", disse.

A dona de casa Thainy Prudência, que está grávida de 10 semanas, se sentia mal e procurou a maternidade, por volta das 19h. "Quando eu cheguei, [a mulher que deu à luz] estava gritando de dor na sala de uma médica residente, que a atendeu. Ela já saiu da sala sangrando e ficou aguardando no banco. Ela gritava "gente, me ajuda, vai nascer", mas teve até uma enfermeira que riu dela", diz a jovem.

Thainy classificou a cena como a mais desumana que já viu e ainda se emociona ao falar do episódio: "Eu nunca pensei na minha vida que fosse presenciar uma coisa dessas. Todas as grávidas que ficaram lá ficaram indignadas. Quando a criança nasceu, comecei a chorar".

Segundo ela, o bebê nasceu às 20h, uma hora após Thainy ter chegado à unidade de saúde. "Mas falaram que ela passou a tarde todo lá", relata.

Mãe e bebê seguem internados na maternidade e passam bem. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, a criança nasceu com 47 centímetros, pesando 2.270 quilos. A criança passou por exames de raio-x na cabeça e no tórax e nenhum problema teria sido constatado.

Fonte: G1