Mulher morre após ser confundida com ladrão pelo seu próprio marido

O casal havia passado pela experiência traumática de ser amarrado e assaltado por criminosos há três anos e temia a repetição do episódio.

O agricultor Romeu Silveira Pacheco, de 85 anos, matou sua mulher, Maria Eulália Mendes Pacheco, de 78 anos, por engano, na madrugada de terça-feira (22), em Linha Eucaliptos, no interior do município de Barracão, no norte do Rio Grande do Sul. O casal havia passado pela experiência traumática de ser amarrado e assaltado por criminosos há três anos e temia a repetição do episódio.

Por volta da 1h, a mulher levantou para ir ao banheiro e não acendeu a lâmpada do quarto. O homem acordou quando ela caminhava de volta e, pensando que havia um ladrão dentro de casa, pegou um revólver e disparou. Ao perceber o engano, avisou os filhos e chamou assistência médica, mas Maria Eulália não resistiu. Romeu ficou em estado de choque e passou parte do dia em um hospital, em observação.

Fonte: r7