Mulher não consegue vaga para sepultar sua prima

A família procurou a vaga em vários cemitérios da capital

A dona de casa Gildene, foi encontrada desesperada em frente à sede da SDU Sul atrás de uma vaga em um cemitério. A prima dela morreu na madrugada desta sexta-feira(31) e naquele momento não tinha encontrado túmulos nos cemitérios. "Me mandaram aqui na SDU Sul por que aqui, é onde consegue vaga. Cheguei e não encontrei ninguém por causa do feriado. Aí fica complicado, quem vai liberar a vaga? Minha prima faleceu e tivemos uma surpresa", falou Gildene.

A família procurou a vaga em vários cemitérios e foi até mal tratada.

Depois de muita luta conseguiram achar uma vaga no cemitério Santo Antonio. Um problema que já foi tema de discussão na Câmara de Vereadores de Teresina.

Saiba mais com o repórter Ricardo Moura Fé:

Fonte: Marcos Moraes